Facebook desenvolve assistente de voz para concorrer com Siri e Alexa

João Ortega

Por João Ortega

22 de abril de 2019 às 12:35 - Atualizado há 2 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

O Facebook está desenvolvendo um assistente de voz e, portanto, vai concorrer com a Siri, da Apple, a Alexa, da Amazon e o Google Assistant neste segmento. As informações foram obtidas pelo portal CNBC por meio de colaboradores e ex-funcionários da empresa.

O projeto é desenvolvido desde o início do ano passado, embora não tenha sido divulgado pelo Facebook. A equipe de realidade virtual e realidade aumentada da empresa é responsável por criar o assistente pessoal.

Especula-se que o programa de comando de voz seja pensado para integrar hardwares desenvolvidos pela gigante da tecnologia, como o Oculus (headset de realidade virtual) e o Portal (ferramenta para chamadas em vídeo pelo Messenger). Este último, por exemplo, já tem integração com a assistente de voz Alexa, da Amazon.

Aliás, superar a concorrência é um dos principais obstáculos para o assistente de voz do Facebook. Segundo pesquisa de mercado de 2018, a Alexa possui uma fatia de 67% do mercado dos EUA. O assistente do Google, por sua vez, tem 30%.

Esta não é a primeira “aventura” do Facebook no desenvolvimento de assistentes inteligentes. Em 2015, a empresa criou uma ferramenta de inteligência artificial para auxiliar usuários do app Messenger. O projeto, no entanto, foi um fracasso e durou apenas três anos antes de ser cancelado em 2018.