EmbraerX apresenta a sua aeronave conceito de taxi aéreo urbano elétrico

José Eduardo Costa

Por José Eduardo Costa

11 de junho de 2019 às 17:06 - Atualizado há 2 anos

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 22 a 25/Fev - 2021, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora
Logo Cyber Monday 2020

Só hoje, nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

A EmbraerX, divisão que lidera os projetos mais inovadores da Embraer, apresentou, nesta terça-feira (11), o seu novo conceito de táxi aéreo urbano elétrico. O projeto foi demonstrado durante o evento Uber Elevate 2019, em Washington, nos Estados Unidos. O encontro reúne fabricantes, investidores e representantes governamentais para discutir a viabilidade dos táxis aéreos compartilhados.

A empresa não falou sobre o desempenho da aeronave e nem quis antecipar o lançamento de sua aeronave elétrica. O porta-voz da empresa apenas afirmou que “(a EmbraerX ) busca a melhor experiência do cliente para fazer uma aeronave acessível para todos.”

O projeto é fruto de uma parceria fechada entre a Embraer e a Uber em 2017. A proposta é testar táxis voadores já em 2020, com a primeira apresentação pública marcada para ocorrer na Dubai World Expo.

EmbraerX, um celeiro de inovações

Há uma semana, a EmbraerX lançou a sua nova plataforma de negócios, a Beacon, para conectar e sincronizar recursos da indústria, a cadeia de suprimentos do mercado de reposição, os profissionais da área técnica e de engenharia e startups de serviços de aviação, de maneira rápida e eficiente. O anúncio da nova plataforma aconteceu no dia 7 de junho e teve pouca repercussão fora da imprensa especializada.

“A Beacon foi projetada para dar conta do futuro da mobilidade aérea urbana”, disse Antonio Campello, presidente e diretor executivo da EmbraerX.

O plataforma Beacon nasceu para acelerar o serviço de manutenção de aeronaves, principalmente quando se trata de manutenções não programadas. Testes foram realizados em vários lugares desde meados de 2018. Segundo a empresa, a Beacon provou atender às principais aspirações das comunidades de serviços de aviação, com resultados positivos.

A tecnologia está disponível digitalmente em dispositivos móveis com iOS e Android. Por meio da plataforma é possível acionar uma rede de provedores credenciados, acelerando o retorno das aeronaves ao serviço.