Embraer e Ufes realizam o primeiro teste de avião autônomo no Brasil

Tainá Freitas

Por Tainá Freitas

8 de outubro de 2019 às 16:41 - Atualizado há 12 meses

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

A Embraer e a Ufes, Universidade Federal do Espírito Santo, realizaram o primeiro teste com uma aeronave autônoma no Brasil. Um avião protótipo do tipo Legacy 500 movimentou-se sozinho no solo por um trajeto estabelecido e sem nenhuma interferência humana. O teste foi realizado na última semana de agosto, na Unidade da Embraer em Gavião Peixoto, no interior de São Paulo.

O sistema autônomo foi construído por pesquisadores da Embraer e da Ufes e conta com sensores a laser, GPS, câmeras e inteligência artificial. O trajeto terrestre foi simulado diversas vezes no sistema antes da operação real em solo. A experimentação teve a participação de pilotos na cabine de comando para que interferissem se fosse necessário.

Veja como foi o teste:

O sistema de inteligência artificial foi responsável pelos comandos de aceleração, direção e frenagem. A iniciativa utilizou funções do sistema IARA (Intelligente Autonomous Robotic Automobile), de pesquisa de carros autônomos, desenvolvido no Laboratório de Computação de Alto Desempenho (LCAD) da Ufes. Em 2017, um carro autônomo percorreu 74 km de Goiabeiras até Guarapari utilizando a mesma tecnologia.

“Nossa estratégia de desenvolvimento tecnológico em sistemas autônomos busca posicionar o país na vanguarda dos processos de inteligência artificial em diversas aplicações”, conta Daniel Moczydlower, vice-presidente executivo de Engenharia e Tecnologia da Embraer, no anúncio.