Elon Musk anuncia inauguração de seu túnel de transporte ultrarrápido

Tainá Freitas

Por Tainá Freitas

22 de outubro de 2018 às 12:21 - Atualizado há 2 anos

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 16 a 19/Nov, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora

Além de liderar a Tesla e SpaceX, Elon Musk também é CEO da The Boring Company – uma startup que planeja viabilizar o transporte subterrâneo ultrarrápido através de túneis. Agora, a iniciativa parece ter uma data para se tornar realidade: dia 10 de dezembro, conforme informou o empreendedor no Twitter.

Essa não é a primeira vez que Elon Musk traz declarações importantes pela rede social – ela já foi, inclusive, palco para muitas de suas polêmicas. Desta vez, o empreendedor afirmou que “o primeiro túnel está quase pronto”, informando o deadline para o projeto. Quando questionado por um seguidor se a data seria “em tempo real ou tempo Elon”, Musk afirmou que acredita que a data é real.

Musk continuou fornecendo maiores informações de acordo com as perguntas dos usuários da rede social. Segundo o empreendedor, o túnel – localizado no subsolo de Hawthorne, na Califórnia, onde está localizada a empresa – será aberto durante a noite e terá corridas gratuitas para o público dia seguinte ao lançamento. Na fase de testes, a velocidade máxima do transporte dentro do túnel teria sido de 250 km/h, conforme relatado pelo CEO da The Boring Company. Nesse projeto em específico, os túneis serão feitos para pequenos vagões, chamados de Loop, com capacidade de até 16 pessoas. A expectativa é que os túneis da The Boring Company viabilizem também o transporte de cargas e veículos.

Elon Musk criou a The Boring Company em 2016, logo após postar críticas no Twitter sobre o trânsito das cidades. Ele mencionou a ideia de construir túneis para transporte. Hoje, a empresa defende a construção de infraestrutura 3D de mobilidade, que incluiria os subsolos além dos setores aéreos, terrestres e aquaviários convencionais.

Esse será o primeiro empreendimento da The Boring Company a ser finalizado. Até então, Musk tem realizado a venda de produtos específicos da empresa para arrecadar capital – como foi com a venda dos lança-chamas, que trouxe a receita de US$ 8,75 milhões. Outro projeto que segue em curso na empresa é a construção do transporte subterrâneo ultrarrápido em Chicago. A prefeitura da cidade aprovou o empreendimento, que deverá traçar o trajeto de 24 km de Chicago até o aeroporto de O’Hare.