Disney anuncia parceria com a Microsoft para produção de filmes na nuvem

Isabella Carvalho

Por Isabella Carvalho

17 de setembro de 2019 às 07:47 - Atualizado há 1 ano

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 22 a 25/Fev - 2021, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora
Logo Cyber Monday 2020

Só hoje, nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

A Microsoft e o The Walt Disney Studios anunciaram, nesta segunda-feira (16), uma parceria de cinco anos para explorar a criação, produção e distribuição de conteúdos na plataforma de nuvem Microsoft Azure. O objetivo é oferecer aos criadores de conteúdos uma nova opção de armazenamento. A iniciativa será colocada em prática com apoio do Walt Disney StudioLAB, centro de inovação da companhia.

“Ao mover muitos de nossos fluxos de trabalho de produção e pós-produção para a nuvem, estamos otimistas de que podemos criar conteúdos de forma mais rápida e eficiente em todo o mundo”, disse Jamie Voris, diretor de tecnologia do The Walt Disney Studios, em um comunicado. “Por meio dessa parceria de inovação com a Microsoft, somos capazes de otimizar muitos de nossos processos para que nossos cineastas talentosos possam se concentrar no que fazem de melhor”.

Inicialmente, o The Walt Disney Studios moverá algumas das edições para a nuvem, permitindo que profissionais acessem os conteúdos de qualquer lugar. “Podemos estar em um set na Austrália e editar em Burbank”, disse Voris, em entrevista à Variety. “O cinema é um processo global”. 

A companhia já começou a implementar os novos fluxos de trabalho na plataforma Azure, e espera lançar o seu primeiro filme editado na nuvem nos próximos 12 a 18 meses. “A combinação da capacidade de hiperescala do Azure com o forte histórico de liderança da Disney abre novas oportunidades no espaço de mídia e entretenimento e possibilita novas maneiras de impulsionar o conteúdo e a criatividade”, afirmou Kate Johnson, presidente da Microsoft nos Estados Unidos.