Daimler e BMW fazem parceria para produzir carros autônomos

Tainá Freitas

Por Tainá Freitas

28 de fevereiro de 2019 às 13:02 - Atualizado há 2 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

A Daimler – dona da Mercedes-Benz – e a BMW deram um grande passo na direção dos carros autônomos. As empresas anunciaram que fizeram uma parceria para desenvolver a nova tecnologia para o mercado até a metade da próxima década – ou seja, aproximadamente 2025.

No entanto, apesar da parceria, os projetos de carros autônomos já existentes de ambas as companhias não serão unidos. A Daimler investiu na tecnologia principalmente em 2017, quando anunciou seu caminhão elétrico semiautônomo.

A empresa também já se uniu ao Uber para produzir carros autônomos. E essa não é a única parceria já realizada – ela já iniciou um projeto de estacionamento e frota de táxis, ambos autônomos, com a Bosch.

Já a BMW criou uma motocicleta com níveis de autonomia e que tenta evitar acidentes de trânsito. A intenção da empresa não era de criar uma motocicleta totalmente autônoma, mas de desenvolver tecnologias que ajudassem na segurança.

Essa não é, inclusive, a primeira parceria entre as próprias BMW e Mercedes-Benz. Em março do ano passado, as empresas uniram seus serviços de compartilhamento de carros e corridas por aplicativo.

“Combinar expertises das duas empresas irá fortalecer nossa força de inovação e acelerar a propagação dessa tecnologia”, disse Klaus Froehlich, chefe de desenvolvimento da BMW.