Walmart deve ter serviço de streaming contra Amazon e Netflix (e mais barato)

A gigante varejista planeja lançar sua plataforma com assinatura inferior a US$8 por mês e concorrer com Netflix e Amazon

Isabella Carvalho

Por Isabella Carvalho

18 de julho de 2018 às 10:19 - Atualizado há 2 anos

walmart

O Walmart pode, em breve, entrar para o mundo do streaming e lançar seu próprio serviço de transmissão de vídeos para enfrentar a Netflix e a Amazon – com um preço menor do que as concorrentes. Com isso, a gigante pretende continuar na vanguarda do varejo e evitar o fracasso de muitas empresas que faliram recentemente por falta de inovação. 

De acordo com informações do The Information, a assinatura será inferior a US$8 por mês, e a gigante varejista ainda considera uma versão gratuita do serviço com suporte de anúncios (coisa que seus rivais não possuem). Nos Estados Unidos, foco deste mercado. O serviço da Netflix custa hoje entre US$ 8 e US$ 14 por mês e o da Amazon US$8,99.

A companhia, que já tem uma loja online para compra e aluguéis de filmes e programas digitais, a Vudu, comprada em 2010, pretende expandir os horizontes. Atualmente, a plataforma permite que os usuários façam download de filmes completos de um catálogo com 100 mil títulos, e está disponível na maioria dos dispositivos e consoles de jogos, incluindo Apple TV, smartphones, PlayStation 4, Xbox One e iPad.

Porém, a Vudu atrai uma pequena fração da audiência das rivais. Em maio, por exemplo, os usuários passaram quase 18 mil horas na plataforma, em comparação com 897 mil horas assistindo Netflix e mais de 315 mil horas no Amazon Prime, de acordo com a Comscore.

Segundo o The Information, as discussões sobre o novo serviço ainda estão em andamento, mas os executivos do Walmart acreditam que seus clientes, principalmente da América, se interessariam por uma opção com custo mais baixo.

Ao dar esse passo, a companhia se juntaria a outras empresas que estão lançando novas plataformas. A Apple, por exemplo, já está financiando a produção de programas para um novo serviço de assinatura que deve estrear no próximo ano, enquanto o Facebook lançou o Facebook Watch – sua plataforma de vídeos e programas audiovisuais originais.

Um convite

Não há dúvidas que o varejo está mudando fortemente e vai continuar a mudar nos próximos anos – varejistas como o Walmart estão trabalhando para fazer com que novas experiências cheguem. Temos escritórios nas duas regiões que estão na vanguarda dessas mudanças, o Vale do Silício e a China. As mudanças que estão acontecendo por lá são inacreditáveis e vão moldar o futuro ao longo dos próximos anos.

Vamos falar disso e das tecnologias que estão mudando essa perspectiva em um evento exclusivo em São Paulo, onde vamos apresentar o futuro do segmento para o Brasil. Estes temas que serão debatidos na VarejoTech Conference 2018, a maior conferência sobre tecnologias para o varejo e e-commerce já feita no Brasil. Gigantes do varejo e Startups do setor apresentarão suas estratégias para vender de forma inovadoraumentando ainda mais a conversão fidelização dos seus clientes.

Para saber mais sobre a VarejoTech Conference, acesse o site oficial do programa.

Baixe já o aplicativo da StartSe
App StorePlay Store