Tem uma empresa e quer acelerar um projeto de inovação? Conheça o Fast Innovation!

Avatar

Por Lucas Bicudo

26 de fevereiro de 2018 às 17:00 - Atualizado há 3 anos

Logo Black Friday 2020

Nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora

Empresas estabelecidas têm dificuldade de executar internamente projetos de potencial inovador e disruptivo, pois estão imersas na cultura corporativa tradicional. Estamos hoje em um sistema econômico de redes e mercados descentralizados, que combina necessidades e posses, ignorando esses intermediários tradicionais. Papo de Nova Economia, da era onde a competitividade dá lugar à colaboração.

Não se produz mais inovação apenas em centros de P&D. Não adianta mais contratar um contingente de 1 mil profissionais para tentar se manter competitivo contra o resto do planeta – que cada vez mais está inovando e compartilhando. Onde há gargalo, há oportunidade.

A solução? Aceleração de projetos inovadores através de sprints, envolvendo times de projetos de diferentes empresas, aportando metodologia, inspiração e timming para execução.

De olho nesse movimento, a StartSe – em co-realização com a Innoscience -, está lançando o Fast Innovation, evento focado em inovação para cultura de gestão corporativa.

Como vai funcionar?

Serão 6 encontros presenciais de 1 dia, durante 3 meses. Além disso, terão 6 mentorias online entre cada encontro, um pré-work online antes do 1º encontro e serão selecionados de 10 a 15 times de projetos de diferentes empresas.

A ideia é promover a conexão com o mindset de startups e empreendedores, possibilidade de colaboração e troca de experiências entre os participantes. Em um primeiro momento, entenderemos o trabalho que precisa ser feito em uma determinada empresa – busca por insights, evidências e estabelecimento de empatia com a situação atual. Na sequência, ideação e priorização das diferentes possibilidades a serem desenvolvidas; desenho e estruturação do modelo de negócio da ideia; desenvolvimento da primeira versão já refinada para validação; validação do protótipo com públicos interessados; e, por fim, definição do plano de scale up e preparação de desdobramento.

Interessado? Acesse esse link para mais informações e acelere seu projeto de inovação corporativa.

3 motivos para adotar uma estratégia de inovação aberta

Participe do maior censo de startups do Brasil! Não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo!

E caso você tenha interesse em anunciar aqui no StartSe, baixe nosso mídia kit.

[php snippet=5]