Os carros com motor à combustão vão ser banidos, sua empresa está preparada para isso?

Da Redação

Por Da Redação

21 de novembro de 2017 às 19:10 - Atualizado há 3 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

Mobilidade urbana é um dos assuntos mais debatidos nos últimos anos e, com certeza, será um dos mais debatidos nos próximos também. Afinal, é um dos que mais estão passando por profundas transformações – tanto com o desenvolvimento de carros autônomos quanto com os carros elétricos.

E aos poucos, eles vão se tornando cada vez mais mainstreams – ou ao menos, é crescente a promessa de utilizá-los em grande escala. Vários países (Alemanha, França, Reino Unido, China…) já estão com planos para banir os carros movidos para gasolina – e isso vai transformar a indústria completamente. Uma montadora, a Volvo, já disse que deverá fazer a transição muito antes do que o banimento (previsto, na maioria dos países, para 2030). Outras deverão seguir.

É claro que a tecnologia deverá ser substancialmente alterada até lá, mas empresas deverão ter que se adaptar fortemente para esse mundo 100% elétrico. Custos serão reduzidos e a poluição será tirado das grandes cidades (transferida, talvez, para a área da geração de energia).

As frotas terão que ser otimizadas por conta do tempo de carregamento das baterias de carros e caminhões elétricos (substancialmente maior do que os veículos à combustão), mas talvez nada que beire o insuportável ou que uma mudança de atitude não resolva. As empresas deverão começar a se adaptar muito antes do banimento, para não serem pegas de surpresa – mudando suas frotas para elétricos bem antes.

Os carros autônomos, porém, esses deverão ser uma grande transformação no setor automotivo corporativo: quando os carros se movimentarem sozinhos, muitos custos serão eliminados com pessoal e haverá uma necessidade menor de ser dono da própria frota: você poderá usar a de uma empresa que usa transporte como um serviço.

Tudo isso será debatido no WeMuv Summit, um evento imperdível para falar do futuro da mobilidade corporativa no mundo. Mais informações e ingressos para o evento podem ser encontrados aqui. Se você entrar com o código STARTSE, você tem direito a 20% de desconto.