JPMorgan está tentando comprar uma fintech de US$ 10 bilhões

Da Redação

Por Da Redação

4 de julho de 2017 às 13:39 - Atualizado há 3 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

Um dos maiores bancos do mundo está interessado em comprar uma empresa de tecnologia financeira por cerca de US$ 10 bilhões. O quase bi-centenário JPMorgan é uma das duas interessadas em adquirir a Worldpay, que não é exatamente uma startup, já que foi fundada em 1989, mas concorre com várias delas, como PayPal, Stripe e Square.

A Worldpay realiza 31 milhões de transações por dia e tem crescido bastante conforme as pessoas realizam mais operações via mobile. Isso atrai uma gigante bancária que quer diversificar seus negócios e se preparar para sobreviver em um ambiente de altas mudanças nos próximos anos.

A companhia compete contra startups da área financeiro, mas não nasceu como startup: pelo contrário, nasceu dentro de um banco no Reino Unido, chamado NatWest Bank – como um processo de inovação interna. Ela acabou virando uma subsidiária própria e separada do RBS (Royal Bank of Scotland, que comprou o NatWest Bank).

Ela tem feito muitos testes em “novas fronteiras” de pagamentos, como um protótipo para pagamentos em ambientes de realidade virtual – que deverá ser bastante usado no futuro, conforme tenhamos também uma “vida virtual”. A outra interessada é a Vantiv.

Há também inúmeras fintechs que estão fazendo coisas interessantíssimas por aqui no Brasil. Por isso, estamos fazendo um evento em São Paulo sobre o assunto. Para conhecer e saber mais detalhes, clique aqui.