Essas são as 3 perguntas que o CEO da Ford faz para qualquer novo projeto

Da Redação

Por Da Redação

22 de fevereiro de 2017 às 15:01 - Atualizado há 4 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

A Ford é a montadora americana que está mais engajada na produção de carros autônomos. A empresa deverá produzir seu próprio carro autônomo até 2021, ajudando em uma revolução que já está em curso.

Mark Fields, seu CEO, é entusiasta pelo Vale do Silício e sua mentalidade. Muito por conta disso, ele criou um centro de inovação na região e já alimenta relação com 40 startups de tecnologia.

Ele entende que que corporações que não se mexerem vão ficar para trás e perder relevância. Esse é o mote por trás do Corporate Class, evento do StartSe em São Paulo para discutir e ajudar corporações a manterem sua relevância em um mundo de grande transformação, seja pela inovação e intraempreendedorismo ou mantendo relação com startups.

Liderando uma nova das maiores corporações do mundo em uma grande mudança, Fields realiza três perguntas todas as vezes que precisa analisar um novo projeto – e que você também deveria fazer em seu setor ou empresa. Confira:

1) Onde queremos jogar?

Em que parte do mercado a Ford está começando a sua nova operação? Quão grande é ele? Quão relevante? Quais os potenciais? Tudo deve ser respondido com detalhe.

2) Como vamos vencer?

É necessário responder essa pergunta de maneira completamente honesta, principalmente pois o otimismo pode ser bastante danoso neste caso. Uma resposta ruim aqui pode levar Fields e seus companheiros para a 1ª pergunta novamente.

3) Quais capacidades temos?

A partir daí, Fields e seu time determinam quais aspectos do plano proposto podem ser supridos internamente. Se a Ford decidir por talento que não está na companhia, ela olha para os benefícios de parcerias ou aquisições de startups. A ideia é criar valor para ambas as partes, para, então, ter relações que durem bastante.

Faça parte do maior conector do ecossistema de startups brasileiro! Não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo!

[php snippet=5]