Como ferramentas de vídeo podem agilizar comunicação entre equipes

Tainá Freitas

Por Tainá Freitas

13 de julho de 2018 às 18:26 - Atualizado há 3 anos

Logo Novo Curso

Transmissão exclusiva: Dia 08 de Março, às 21h

Descubra os elementos secretos que empresas de sucesso estão usando para se libertar do antigo modelo de Gestão Feudal de Negócios.

Inscreva-se agora
Logo Cyber Monday 2020

Só hoje, nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

A agilidade na comunicação é uma das iniciativas frequentemente associadas ao sucesso ou fracasso de uma empresa. Ela é a responsável por transmitir a cultura, diretrizes e manter todos os profissionais alinhados – e essa não é uma tarefa nada fácil. Por isso, novas tecnologias e técnicas são sempre desenvolvidas para garantir que a comunicação seja o mais eficiente possível em empresas, independente dos setores.

Um estudo da Forbes afirma que 75% dos executivos assistem vídeos relacionados ao trabalho pelo menos uma vez por semana. Já uma pesquisa do Hubspot afirma que 55% de seus usuários assistem um vídeo inteiro, enquanto apenas 29% leem posts em blogs até o final. Essas pesquisas e o próprio sucesso do Youtube nos mostram que, entre as inovações do setor, a comunicação possui um aliado cada vez mais forte: os vídeos.

Não é à toa, afinal, que as TVs corporativas viraram uma tendência. Agora, além de assistirem vídeos em momentos de entretenimento e lazer, os colaboradores de empresas podem assistir vídeos para se manterem informados de uma forma fácil, rápida e sem complicações. Se o vídeo for interessante, pode gerar inclusive um maior engajamento das equipes.

O poder dos vídeos não pode mais ser ignorado – 93% dos profissionais de comunicação acreditam que essa ferramenta se tornou essencial, de acordo com o Melcrum Study de 2011. Mas ao mesmo tempo em que o vídeo se mostra um canal mais efetivo de comunicação que os tradicionais – como e-mails ou comunicados -, também se torna mais um canal para departamentos de comunicação interna cuidarem.

E é aí que as startups entram no negócio, contribuindo para uma melhor gestão de canais. Esse é o caso da Screencorp, por exemplo, que utiliza uma plataforma digital para auxiliar no gerenciamento da TV Corporativa, Aplicativo Mobile, Push Notifications e SMS.

As startups auxiliam no trabalho dos profissionais de comunicação interna e ainda ajudam a medir um trabalho difícil de ser analisado – a eficácia de suas estratégias. Com as soluções oferecidas no mercado, é possível saber desde a taxa de abertura até quem são os funcionários mais engajados pela comunicação interna.

Colabore com soluções

Ciente do poder das startups em promover a inovação e auxiliar na renovação de processos, a M. Dias Branco está em busca de soluções que potencializem seu trabalho de comunicação entre as equipes distribuídas em bases em todo o país. A gigante de alimentos possui mais de 20 mil colaboradores e deseja engajar e trazer mais agilidade na comunicação entre as equipes de áreas como Comercial, Marketing e Trade.

Por isso, a M. Dias Branco está realizando seu primeiro programa de conexão com startups: o Germinar. A gigante de alimentos está buscando soluções que possibilitem a realização de web meetings, vídeo conferência, conferência via call, compartilhamento de arquivos, entre outras possibilidades, tudo em uma única ferramenta.

Startups que possuam sinergia com estes desafios e que possuam um MVP validado podem se inscrever aqui – as inscrições vão até 29 de julho. As startups selecionadas terão a chance de trabalhar com uma empresa líder nacional e as que tiverem melhores resultados poderão se tornar fornecedoras ou parceiras da companhia. Conheça mais sobre o programa Germinar e leia o regulamento aqui. O Germinar está sendo realizado pela M. Dias Branco e Innoscience, consultoria de inovação, e tem o apoio da StartSe.

Baixe já o aplicativo da StartSe
App StorePlay Store