Breaking the Walls reúne grandes companhias e startups de RH e jurídico

StartSe

Por StartSe

20 de setembro de 2018 às 12:45 - Atualizado há 2 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

Aconteceu ontem (19) na sede da StartSe, em São Paulo, mais uma rodada do Breaking The Walls, iniciativa da vertical Corporate da StartSe que une o ecossistema de startups a grandes empresas estabelecidas. Durante ciclos mensais, a iniciativa passa por oito áreas: recursos humanos, jurídico, marketing, vendas, logística, PMO (Projetos/Produtividade), TI (Tecnologia) e compras (Procurement).

A cada mês, cinco startups de uma das áreas se apresentam em pitches de dez minutos cada. Após a apresentação, as novas empresas têm a oportunidade de conversar com cada companhia, apresentando sua solução ou serviço durante um bate papo de quinze minutos. O objetivo é conectar as startups e organizações consolidadas que buscam soluções inovadora e automatização de alguns processos.

Todos ganham: as organizações têm contato com novas tecnologias, eliminando barreiras, reduzindo custos e aumentando a eficiência nos serviços; e as startups têm acesso à grandes nomes do mercado. Ontem, estiveram presentes as companhias SulAmérica, Kobold, Nestlé, Nextel, Braskem, BTG Pactual e OAS, e startups das áreas de RH e jurídico. Conheça cada uma delas:

RH

Allya

Fundada em 2015 como uma rede colaborativa de benefícios, possui mais de 21 mil estabelecimentos credenciados para gerar conexões entre pessoas, empresas e parceiros. O diferencial da plataforma é a personalização. As empresas podem escolher e incluir os lugares que desejam ter descontos e fidelização. Já os colaboradores, por meio de geolocalização, podem encontrar qualquer tipo de produto ou serviço que desejam naquele momento.  

Appus

Especialista em people analytics, a startup pesquisa e desenvolve soluções que ajudam a empresa a compreender e gerenciar de forma mais efetiva o seu recurso mais importante: as pessoas. Por meio de um Sistema de Avaliação de Desempenho, a Appus auxilia a organização a prever insights, traçar objetivos e otimizar resultados.

Jobconvo

A startup oferece um software de recrutamento e seleção que usa inteligência artificial para fazer a gestão de processos seletivos. Com a plataforma, é possível criar requisições, personalizar e automatizar etapas dos processos, compartilhar vagas em diversos canais, aplicar testes técnicos, analisar vídeo entrevistas e fazer admissões digitais.

Folha Certa

Aplicativo de gestão de funcionários e rotinas trabalhistas para empresas, gestores, colaboradores e RH. A solução oferece coleta de ponto no celular do colaborador, informações sobre escala de trabalho e turnos, painel para gestores e RH com informações em tempo real, visualização de saldo do banco de horas e outras funcionalidades.

Talent Matching

Plataforma de gamificação para treinamentos corporativos. permite inserção direta de conteúdo de treinamento e desenvolve de forma rápida e totalmente online as competências que o negócio precisa. A solução é composta por diversas técnicas de aprendizado, como desafios, ranking e premiações, e as empresas podem personalizar o produto de acordo com suas necessidades. Além disso, é possível acessar online os jogos, sem a necessidade de instalação de softwares adicionais.

Jurídico

Doc 9

Startup focada em logística jurídica, que tem como missão facilitar a rotina interna das companhias. Para isso, oferece serviços de cálculos judiciais, cópias de processos forenses, protocolo de documentos e outras diligências. Os clientes têm acesso à uma plataforma online para fazer pedidos e gerenciar as informações.

Juristec

A startup, que nasceu como um spin-off de um escritório de advocacia, oferece um software estatístico-preditivo de gerenciamento de dados com inteligência artificial e indicadores personalizados, prevendo resultados processuais e contingência financeira. Com a solução, a empresa pode ter controle total da movimentação jurídica interna com dashboards interativos, antecipando ações.

LoopLex

Ferramenta para a automação da criação de documentos jurídicos. As empresas podem gerar petições, contratos, propostas e memorandos em minutos, que automaticamente podem executar funções e conversar entre si. As petições, por exemplo, podem calcular o valor das custas e avisar o cliente por e-mail. A empresa pode também customizar o estilo e formatação de seus documentos, revisar teses, sugerir atualizações dos modelos ou construir seu próprio conteúdo.

MOL

Primeira plataforma de mediação online do Brasil. A startup oferece serviços especializados na resolução, gestão e prevenção de conflitos, para pessoas físicas, empresas e corporate. Todo o processo de mediação é realizado na plataforma, de forma rápida e facilitada. O solicitante envia o caso, ele é analisado e caso seja aprovado por um mediador, o processo é iniciado.

Siga Lei

A startup oferece informações sobre tudo o que está sendo debatido no Congresso Nacional e Assembleias Estaduais, acompanhando cada decisão e avisando o cliente automaticamente a cada atualização. Além disso, a Siga Lei consolida os dados legislativos e oferece insights para que a empresa possa mapear e criar sua própria estratégia de atuação no processo legislativo.

Networking e conexões

Na rodada de ontem, as empresas puderam entender como cada ferramenta poderia ser útil para o seu tipo de negócio. “O Breaking the Walls faz parte da nossa iniciativa de soluções proativas para a companhia. Trouxemos pessoas das áreas respectivas, e isso é muito importante para engajar todos no universo de inovação. Cada vez mais nossos executivos têm interesse em vir”, ressalta Juliana Glezer, analista de inovação da Nestlé.

Para John Drinane, cofundador da startup Folha Certa, o evento foi uma oportunidade de mostrar o trabalho da empresa e se aproximar de grandes companhias, promovendo networking e novas conexões. “Hoje está sendo nosso primeiro contato com a maior parte dessas empresas. Todas têm dores semelhantes, e foi muito bom poder mostrar o que temos para solucioná-las. Já temos inclusive reuniões marcadas para a próxima semana”, ressalta.

Após as apresentações e as rodadas de quinze minutos, as empresas e startups tiveram um período final para marcar novos encontros e trocar mais experiências – dessa vez em uma conversa unificada. “Foi muito enriquecedor estar aqui, pois no mundo jurídico ficamos mais distantes da tecnologia. Já pensamos em diversas ferramentas inovadoras e hoje descobrimos que elas estão mais próximas do que imaginávamos”, ressalta Hugo Lustre, especialista jurídico da Nextel. A companhia, referência no setor de telefonia, também está estreitando o relacionamento com startups por meio de seu programa de conexão, o Next Challenge.

Para Marina Bento, head de marketing da startup MOL, o Breaking the Walls é, acima de tudo, um grande facilitador e porta de entrada para grandes empresas. “É difícil ter essa abertura dentro das companhias. Muitas empresas grandes ainda tem um pé atrás com startups. Por isso, é muito bacana ter a oportunidade de estar aqui para conversar durante quinze minutos com cada uma”.