Ambev lança programa de aceleração para aliar sustentabilidade à tecnologia

Startups e empreendedores podem inscrever soluções até o dia 14 de setembro para desafios alinhados aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU

0
shares

Uma das mais influentes companhias do mercado de bebidas do Brasil, a Ambev, está impulsionando projetos sustentáveis por meio de sua mais nova iniciativa: sua aceleradora de soluções ambientais. Com o apoio institucional do Pacto Global - iniciativa da Organização das Nações Unidas (ONU) -, a empresa lançou um programa com dez desafios para encontrar ideias inovadoras e disruptivas que ajudem a solucionar problemas e questões ambientais.

A aceleradora faz parte da plataforma 100+, lançada recentemente pela companhia com a missão de reunir ações de impacto positivo. “Com a plataforma, traçamos objetivos de curto, médio e longo prazos. Queremos unir as pessoas por um mundo mais sustentável por meio de cinco grandes pilares: ações climáticas, gestão de água, agricultura inteligente, embalagem circular e empreendedorismo”, explica Jean Felipe Veiga Falotico, diretor de Sustentabilidade e Suprimentos da Ambev.

As metas são claras: até 2025, a companhia deseja produzir bebidas utilizando água com o máximo de consciência e eficiência; qualificar 100% dos seus produtores para melhorar o rendimento dos grãos e o uso sustentável dos recursos; produzir todos os produtos em embalagens retornáveis ou feitas com conteúdo majoritariamente reciclado; comprar 100% de energia elétrica de fontes renováveis, reduzir em 25% a emissão de carbono e capacitar pequenos fornecedores para desenvolverem seus negócios.

Conexão com um novo ecossistema

Para alcançar essas metas, a Ambev criou o programa de aceleração voltado à empreendedores, startups e acadêmicos. “Temos como foco nos aproximar de empresas mais jovens e com novas ideias”, ressalta Falotico. Para isso, a companhia lançou dez desafios alinhados aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU.

Entre eles estão o Cada Gota Conta, que busca soluções para garantir a conservação das bacias hidrográficas, melhorar o acesso à água e reduzir desperdícios; o Agricultura Sustentável, para aumentar o acesso de produtores à tecnologias e combater pestes e evitar desperdícios; o Feche o Ciclo, para a produção de embalagens mais ecológicas e reciclagem de lixo; o Combate ao Carbono, para reduzir a emissão do poluente na atmosfera e o Futuro da Produção de Cerveja, que busca encontrar soluções para usar a tecnologia em diversos estágios da produção das bebidas.

Etapas

Os empreendedores podem se inscrever para um ou mais desafios até o dia 14 de setembro, e até o início de outubro todas as ideias serão avaliadas. As soluções selecionadas para a segunda fase serão classificadas em duas categorias: global e local.

A primeira delas é voltada para projetos prontos e que já possam ser implementados. Os classificados poderão testar seus pilotos entre outubro e janeiro de 2019 para provar o conceito, viabilidade e escalabilidade. Serão selecionados entre 20 e 25 grupos de empreendedores para receber treinamento e mentoria na aceleradora da AB Inbev. Ao final, o grande vencedor terá a chance de fechar um contrato com a empresa e apresentar sua ideia para fundos globais de investimento de alto impacto.

Já na segunda categoria serão selecionados ao menos 20 projetos que não seguiram para a etapa global para participar de um programa de aceleração local com a liderança da Cervejaria Ambev e da ONU. Os empreendedores poderão apresentar seus projetos para investidores locais e especialistas no mercado.

“A cada dia que conversamos com essas empresas percebemos que a sustentabilidade não é mais um diferencial - ela passou a fazer parte da rotina delas. Temos como objetivo incentivar cada vez mais esse ecossistema com outros programas”, ressalta Falotico. Para saber mais sobre os desafios, os empreendedores podem acessar a plataforma!

Iniciativas StartSe

A cada dia as grandes empresas se aproximam mais das startups. Para ajudar as companhias a traçar caminhos rumo à Nova Economia, a StartSe possui sua área Corporate. Com as missões corporativas para o Vale do Silício e China, as companhias podem se conectar com um novo ecossistema nos principais centros de inovação do mundo, entendendo o impacto da tecnologia, os erros e acertos de grandes empresas, conhecendo novos conceitos de inovação corporativa e colocando em prática tudo que aprenderam.

Com os screenings, as empresas podem ter acesso à startups de todo o Brasil para solucionar desafios internos, filtrando as empresas que mais se relacionam com os negócios da companhia. Assim, conseguem inovar e usar a tecnologia para aprimorar processos, adotar novas ferramentas e dar um passo a mais na jornada digital.

Já com o Breaking The Walls, programa de conexão entre companhias e startups, as grandes empresas podem conhecer novos negócios por meio de rodadas mensais - aprimorando oito áreas: Recursos Humanos, Jurídico, Marketing, Vendas, Logística, PMO (Projetos/Produtividade), TI (Tecnologia) e Compras (Procurement). A cada mês, cinco startups apresentam soluções para os setores.

As companhias também podem participar de eventos setoriais durante todo o ano, como a Varejo Tech Conference, descobrindo as principais tendências e tecnologias do setor; a fintech Conference, voltado ao mercado financeiro e transformações da área; e o RH Day, sobre o futuro do trabalho e inovações na gestão. As empresas interessadas em participar dos eventos podem consultar condições especiais!

Junte-se a mais de 400.000 Empresários e Profissionais Para Conhecer os Negócios Mais Disruptivos do Mundo!

switch-check
switch-x
Nova Economia
switch-check
switch-x
Empreendedores
switch-check
switch-x
Investimentos
switch-check
switch-x
Startups
switch-check
switch-x
Ecossistema

Comentários