Startups podem ajudar a Braskem a usar realidade virtual para simular projetos

Empresas podem se inscrever até o dia 11 de agosto no Braskem Labs Challenge, o programa de conexão da companhia

0
shares

A Braskem, maior produtora de resina das Américas, está em busca de startups que solucionem desafios da empresa. Para isso, lançou, em parceria com a Innoscience, a edição 2018 do Braskem Labs Challenge, o programa de conexão da companhia. Os desafios estão relacionados aos processos internos da empresa e aos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU - entre eles assegurar padrões de produção e de consumo sustentáveis, garantir a conservação e uso sustentável do oceano e fomentar a inovação.

Um dos desafios desta edição é conscientizar os colaboradores sobre os perigos existentes no local de trabalho e criar medidas de proteção para minimizar ou eliminar os riscos encontrados, sem diminuir a produtividade de execução dos empreendimentos.

O objetivo da Braskem é identificar soluções de realidade virtual ou aumentada para simular um ambiente antes do acesso à planta ou durante a execução dos serviços. A ferramenta também deve garantir o conhecimento antecipado aos riscos e acelerar o aprendizado e monitorando as atividades críticas.  

A companhia busca soluções de fácil aplicação, reprogramação por área de uso e que faça simulações relacionadas aos principais cenários e atividades de risco em ambientes virtuais. O objetivo é reduzir os erros e o tempo de execução das tarefas. Além desse desafio, a Braskem também procura startups para a reciclagem de produtos plásticos pós consumo, análise preditiva de equipamentos, otimização de estoques e fluxos financeiros, melhorar o controle de atividades e aprimorar a gestão de projetos.

Os empreendedores interessados em participar da terceira edição do Braskem Labs Challenge podem se inscrever até o dia 11 de agosto. As startups passarão por um processo seletivo que verificará o estágio em que a empresa está, seu potencial para solucionar o desafio proposto, o grau de inovação e a aderência do projeto. Para saber mais sobre o programa e fazer sua inscrição, acesse o site!

Comentários