4vants é a startup vencedora do EDP Starter Brasil 2018

Empreendedores participarão da Missão China em parceria com a StartSe e poderão demonstrar suas soluções no WebSummit

Isabella Carvalho

Por Isabella Carvalho

24 de setembro de 2018 às 16:44 - Atualizado há 1 ano

EDP Starter Brasil

Aconteceu na última quinta-feira (20), a final da EDP Starter Brasil, iniciativa da EDP em parceria com a TroposLab Aceleradora. O projeto, que está em sua 2ª edição, tem como objetivo conectar o ecossistema empreendedor em busca de novas tecnologias e soluções para o setor de energia. A última etapa do programa, o Demo Day, reuniu seis startups finalistas no Cubo, espaço de fomento ao empreendedorismo ligado ao banco Itaú, em São Paulo.

Os projetos selecionados para a final propõem soluções de inovação envolvendo diferentes tecnologias, como inteligência artificial, gestão automatizada de serviços de campo, big data e analytics, serviços financeiros por meio de novos meios de pagamento, plataformas de educação inteligente e armazenamento de energia com baterias.

Durante a final, um grupo de jurados formado por executivos da EDP, investidores de mercado e parceiros de negócios elegeram a startup 4vants, que utiliza drones e inteligência artificial para otimizar o processo de inspeção de redes elétricas. A empresa foi premiada com uma Missão para a China em parceria com a StartSe, com uma semana em imersão focada em inovação.

Além disso, a 4vants acompanhará a EDP no WebSummit, um dos maiores eventos de tecnologia do mundo, que ocorre em novembro, em Lisboa. Os empreendedores terão acesso a um “alpha stand” – espaço onde poderão demonstrar suas soluções. Além disso, a startup poderá ser avaliada para receber investimentos da EDP Ventures Brasil, primeiro instrumento de capital de risco do setor elétrico brasileiro.

A Dom Rock, startup com solução que usa analytics e inteligência artificial para extrair, a partir de dados não estruturados, informações úteis para o negócio, garantiu o segundo lugar e também comparecerá ao WebSummit.

“Acreditamos no conceito de Inovação Aberta e esta iniciativa de apoio ao empreendedorismo é um exemplo de como a EDP atua prospectando novas ideias e soluções para o desenvolvimento de projetos que possam contribuir para a construção do futuro do setor de energia. Daí a importância desse evento”, afirma Livia Brando, gestora executiva de inovação da empresa.