Coreia do Sul lança 5G comercial nesta sexta-feira, antes de EUA e China

João Ortega

Por João Ortega

4 de abril de 2019 às 14:54 - Atualizado há 1 ano

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

A Coreia do Sul se tornará, nesta sexta-feira (5), o primeiro país do mundo a oferecer internet 5G móvel comercialmente. As operadoras SK Telecom, KT e LG Uplus vão prover o serviço a usuários do smartphone Samsung Galaxy S10 5G. A rede de dados de quinta geração é de 20 a 100 vezes mais rápida que a 4G.

O país asiático se antecipa a EUA, China e Japão, nações que estão na “corrida” para lançar a rede à população. A Verizon, operadora dos EUA, deve lançar o 5G na próxima quinta-feira (11), por meio de smartphones Motorola. A empresa chinesa Huawei, por sua vez, já fornece a tecnologia para serviços do governo, como o metrô, mas ainda não vende a rede móvel para seus clientes.

A mensalidade da rede 5G da SK Telecom ficará entre US$ 48 e 70, cerca de 60% maior que o plano de 4G. “É significativo que as empresas de telecomunicações sul-coreanas estejam fornecendo serviços e redes atendendo aos altos padrões de velocidade e qualidade de imagem dos clientes sul-coreanos”, disse Ryu Young-sang, vice-presidente executivo da operadora à Reuters. Os valores e planos da LG Uplus e KT não foram divulgados.

Segundo o executivo, a indústria que será mais afetada, em primeiro momento, pela chegada da rede 5G é a de games. No futuro, quando a conexão estiver estabelecida para a maior parte dos smartphones, residências e serviços, espera-se grandes avanços em cidades inteligentes, carros autônomos e assistentes pessoais.