Centauro aumenta oferta e se mantém na disputa pela compra da Netshoes

João Ortega

Por João Ortega

12 de junho de 2019 às 12:04 - Atualizado há 1 ano

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

A novela que se tornou a venda da Netshoes ganhou mais um capítulo nesta quarta-feira (12). A Centauro anunciou uma nova oferta de US$ 3,70 por ação, o que avalia o e-commerce esportivo em US$ 115 milhões. A informação é da EXAME, mas não foi confirmada até o momento pela assessoria da varejista.

Vale ressaltar que, além do valor destinado à aquisição, a Centauro ainda ofereceu US$ 120 milhões em empréstimo para reforçar o capital de giro do e-commerce. O crédito para a transação foi obtido com o Banco Votorantim.

No final de maio, a loja de artigos para esportistas havia feito uma oferta de US$ 3,50 por ação da Netshoes, totalizando US$ 108 milhões. Apesar disso, quem estava na frente da disputa era a Magazine Luiza que, mesmo com uma oferta consideravelmente menor (US$ 93 milhões), era a favorita do conselho da Netshoes. Uma reunião que iria definir a compra estava marcada para esta sexta-feira (14).

Com a nova investida da Centauro, o vencedor da disputa pela aquisição do e-commerce volta a ser uma incógnita. O Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) tinha aprovado a proposta da Magazine Luiza, e, com o apoio do Banco Votorantim, a análise de caixa da Centauro também não deve ser uma barreira. Resta ao conselho e aos acionistas da Netshoes tomarem uma decisão – ou aguardar por ofertas ainda maiores neste imprevisível leilão.