Carros da Tesla poderão se comunicar com passageiros

Tainá Freitas

Por Tainá Freitas

13 de janeiro de 2020 às 13:12 - Atualizado há 6 meses

Logo ReStartSe

GRATUITO, 100% ONLINE E AO VIVO

Inscreva-se para o Maior Programa de Capacitação GRATUITO para empresários, gestores, empreendedores e profissionais que desejam reduzir os impactos da Crise em 2020

Elon Musk, CEO da Tesla, anunciou uma nova funcionalidade prevista para os carros da companhia: falar. Ele compartilhou em uma rede social um vídeo no qual um veículo diz para um passageiro entrar. “Não fique parado aí olhando, entre!”, “diz” o carro. Veja o vídeo. Não foi especificado quando a novidade estará disponível, mas o CEO escreveu que será “em breve”.

De acordo com Musk, os veículos poderão falar com pedestres caso a função esteja ativada. A iniciativa também estará disponível no “modo de sentinela”, utilizado para proteger os carros de roubo, arrombamento, entre outros. Quando ativado, o Tesla monitora os movimentos com câmeras externas e exibe uma mensagem com o aviso. Caso a ameaça seja grave, um alarme é ativado com o volume e brilho da tela do sistema no máximo.

A expectativa é que, para “falar”, os veículos utilizem os alto-falantes externos que já possuem. Leis dos Estados Unidos obrigam que veículos elétricos reproduzam sons para a segurança de pedestres, pois eles são mais silenciosos do que os movidos a combustível.

Presume-se que o veículo reproduza gravações de voz já realizadas, mas não há informações de quais tipos de sons poderão ser tocados pelos alto-falantes – e qual será seu impacto no tráfego das ruas. É possível que a função esteja sendo criada para ser utilizada no plano de Musk de que os donos dos veículos possam ganhar dinheiro com corridas autônomas realizadas em momentos em que os carros estariam fora de uso. Os Teslas ainda se encontram no grau 2 dos 5 possíveis nos veículos autônomos.