Bosch está desenvolvendo display com tecnologia 3D para carros

Isabella Carvalho

Por Isabella Carvalho

12 de agosto de 2019 às 15:05 - Atualizado há 1 ano

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora
Logo Cyber Monday 2020

Só hoje, nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

A Bosch anunciou, nesta segunda-feira (12), que está desenvolvendo um novo produto para seu portfólio. A fabricante alemã de autopeças está trabalhando em uma tecnologia 3D para uma versão futura de seu display para carros. Segundo a companhia, a solução será capaz de gerar um efeito tridimensional realista que permitirá que as informações sejam captadas mais rapidamente pelos motoristas — que não precisarão usar nenhum tipo de óculos.

“Os monitores estão cada vez mais se tornando sistemas interativos que podem antecipar melhor as necessidades individuais dos motoristas”, disse Steffen Berns, presidente da Bosch Car Multimedia, em um comunicado. “A profundidade de campo da tela significa que os motoristas poderão captar informações visuais importantes mais rapidamente, seja por meio de um sistema de assistência ou de um alerta de engarrafamento”. 

Segundo a Bosch, os alertas saltarão da tela. Ao usar as câmeras de estacionamento, os motoristas poderão visualizar os elementos em 3D para ter mais precisão e noção de espaço, detectando qualquer obstáculo. Além disso, conseguirão ver mapas e alertas com mais profundidade.

Junto com as imagens em 3D, o novo display ainda poderá ser equipados com controle de voz e toque. “A Bosch está desenvolvendo infotainment para atender qualquer cliente”, disse Berns. A companhia não revelou quando planeja lançar o novo sistema, mas afirmou que a tecnologia já está sendo desenvolvida de acordo com os padrões de segurança.