Bitcoin passa a ser aceita para pagamento de impostos nos Estados Unidos

Isabella Carvalho

Por Isabella Carvalho

26 de novembro de 2018 às 16:09 - Atualizado há 2 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

A partir de hoje, as empresas de Ohio poderão pagar seus impostos com bitcoin, o que o torna o primeiro dos Estados Unidos a aceitar oficialmente a criptomoeda.

De acordo com uma reportagem publicada nesta segunda (26) pelo The Wall Street Journal, o objetivo é fazer com que 23 tipos de impostos tenham o suporte para pagamento por meio da moeda digital. 

Por enquanto, o serviço está disponível apenas para o setor empresarial, mas em breve poderá chegar aos contribuintes individuais.  As empresas que desejam aderir à iniciativa podem acessar o site OhioCrypto.com para se registrar e fazer os pagamentos.

O programa faz parte de uma tentativa transmitir uma imagem mais tecnológica do estado americano. Hoje Ohio já tem um centro de tecnologia na cidade de Columbus, além de um dos maiores fundos de capital de risco do centro-oeste, o Drive Capital.

O estado está trabalhando com a BitPay, uma startup de pagamento por criptografia, para transformar os bitcoins em dólares. Outros estados do país, como Arizona, Georgia e Illinois, também consideraram aceitar a moeda para impostos. 

Bitcoin na China

A moeda digital tem ganhado cada vez mais espaço no mercado, transformando a forma como as empresas fazem negócios – inclusive em outros países.

Em outubro deste ano, o governo chinês também legalizou o uso de Bitcoin no comércio. Hoje, indivíduos e empresas já podem transferir e usar a criptomoeda, sem entrar em conflito com regulamentos financeiros do país.