Audi anuncia o E-tron, veículo elétrico que combina funções de patinete e skate

Isabella Carvalho

Por Isabella Carvalho

6 de agosto de 2019 às 11:02 - Atualizado há 1 ano

Logo Black Friday 2020

Nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora

A Audi anunciou, nesta segunda-feira (5), o E-tron Scooter. Combinando o tradicional patinete com recursos de skate, o veículo elétrico possui quatro rodas, pesa cerca de 12kg e atinge a velocidade máxima de 20km/h. Segundo a montadora, com um novo conceito de e-scooter, a empresa está respondendo à tendência urbana de mobilidade multimodal. 

Os usuários do E-tron terão uma experiência diferente. Ao pilotar o veículo, ficarão de lado, segurando apenas com uma mão um guidão com uma espécia de alça. Por ele, é possível controlar a aceleração e frenagem, além de acompanhar o nível de bateria por uma pequena tela. O design não foi pensado por acaso. Segundo a Audi, o veículo permitirá que os usuários sinalizem para carros, pedestres e ciclistas quando estão parando ou fazendo uma curva.

Os pilotos ainda poderão controlar o veículo como um skate, deslocando seu peso com os pés. O E-tron será equipado com freio hidráulico e luzes LED, incluindo um farol, luz diurna, luz traseira e luz de freio. Além disso, pode ser dobrado para facilitar seu transporte. 

O veículo pode se conectar a um aplicativo por Bluetooth, que permite ajustes individuais às características da viagem e fornece proteção contra roubo. “Com o Audi E-tron, atraímos os clientes que estão em movimento nas cidades, de forma sustentável e multimodal – e aqueles que consideram estilo e funcionalidade importantes”, afirmou Thorsten Schrader, gerente de projetos de micro mobilidade da companhia, em um comunicado. O veículo custará 2 mil euros e sua venda está planejada para o final de 2020.