Apple adquire startup focada em I.A e reconhecimento de imagens

Tainá Freitas

Por Tainá Freitas

16 de janeiro de 2020 às 11:28 - Atualizado há 11 meses

Logo Black Friday 2020

Nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora

A Apple adquiriu a 44ª startup mais promissora dos Estados Unidos em inteligência artificial, de acordo com ranking da Forbes. A companhia liderada pelo Tim Cook comprou a Xnor.ai por cerca de US$ 200 milhões. A startup desenvolve I.A e reconhecimento de imagens diretamente para dispositivos, diminuindo a dependência de algoritmos hospedados em nuvens.

Venha aprender com os líderes das empresas mais inovadoras do Vale do Silício (EUA), China, Israel e Portugal

A companhia não confirmou a aquisição da Xnor.ai. “A Apple compra empresas menores de tecnologia de tempos em tempos e nós geralmente não discutimos nossos motivos ou planos”, disse a companhia ao GeekWire, o primeiro a noticiar a transação. A Apple adquiriu uma startup de inteligência artificial recentemente, em dezembro, com foco em melhorias na qualidade de fotos.

A Xnor.ai foi criada no Instituto Allen de Inteligência Artificial (AI2), idealizado pelo cofundador da Microsoft Paul Allen. A startup foi fundada dentro da incubadora, que apostou US$ 2,6 milhões em um investimento semente em 2017. Um ano depois, a companhia realizou uma rodada série A liderada pela Madrona e com participação da Autotech Ventures, NGP Capital e Catapult Ventures.

Não há detalhes de como a Xnor.ai irá operar após a aquisição pela Apple. Ainda de acordo com o Geekwire, que visitou o escritório da empresa, foi possível ver uma mudança acontecendo – possivelmente para a sede da Apple em Seatle.