Cartão de crédito da Apple é clonado; empresa apura o que houve

Tainá Freitas

Por Tainá Freitas

11 de outubro de 2019 às 08:09 - Atualizado há 1 ano

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora
Logo Cyber Monday 2020

Só hoje, nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

O Apple Card, cartão de crédito da Apple, foi clonado mesmo com suas diversas iniciativas extras de segurança. Para começar, o cartão físico não possui os números impressos e, para consegui-los, é necessário acessar um aplicativo. No entanto, um leitor do 9to5Mac relatou que foi vítima de um golpe.

David encontrou diversas compras fraudulentas em seu extrato do Apple Card. Inicialmente, os estabelecimentos pareciam ser próximos de sua casa, mas foi descoberto que as compras foram realizadas há quilômetros de distância, mesmo que o cartão continuasse em sua carteira.

Isso acontece porque, mesmo sem possuir as informações no cartão físico, ele ainda possui um chip de leitura. Dessa forma, está suscetível à clonagem tal como cartões de crédito e débito comuns, através da realização de compras em maquininhas modificadas.  O Apple Pay, modalidade em que o cliente apenas encosta o iPhone na maquininha e realiza o pagamento, teria evitado esse transtorno.

David relatou seu problema ao suporte da Apple, que afirmou não saber como aconteceu a clonagem e que isso é “muito raro”. A empresa está realizando uma investigação para apurar o que houve.