Amazon desiste de sua nova sede em Nova York

Isabella Carvalho

Por Isabella Carvalho

14 de fevereiro de 2019 às 17:40 - Atualizado há 2 anos

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora
Logo Cyber Monday 2020

Só hoje, nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

A Amazon anunciou, nesta quarta-feira (14), que decidiu não avançar com os planos de construir sua nova sede em Nova York. A empresa revelou o projeto em novembro de 2018, com expectativa de gerar 25 mil novos empregos no local. Porém, a decisão não foi bem recebida, o que gerou rumores de que a companhia desistiria da ideia.

“Enquanto as pesquisas mostram que 70% dos nova-iorquinos apoiam nossos planos e investimentos, vários políticos estaduais e locais deixaram claro que se opõem à nossa presença e não trabalharão conosco para construir o tipo de relacionamento necessário para avançar o projeto que nós e muitos outros imaginamos em Long Island City”, disse a empresa no comunicado.

A Amazon também afirmou que não pretende reabrir as pesquisas para uma nova cidade. “Continuaremos como planejado no norte da Virgínia e Nashville, além de contratar e crescer em nossos 17 escritórios corporativos e centros de tecnologia nos EUA e no Canadá”, afirmou a companhia.

Além disso, a empresa agradeceu o apoio do prefeito de Nova York, Bill de Blasio, e de toda sua equipe. “O firme compromisso e dedicação que esses líderes demonstraram às comunidades que representam nos inspiraram desde o início e é uma das grandes razões pelas quais nossa decisão foi tão difícil”.