AliExpress anuncia que vai entregar encomendas no Brasil em até 28 dias

Da Redação

Por Da Redação

17 de Maio de 2019 às 12:08 - Atualizado há 2 anos

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora
Logo Cyber Monday 2020

Só hoje, nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

O site de compras AliExpress anunciou que vai reduzir o prazo de entrega de encomendas no Brasil pela metade do tempo. A nova solução, em parceria com a Cainiao Network, plataforma de logística afiliada também pertencente ao Alibaba, vai passar o prazo de entregas da China para o Brasil de dois para um mês.

O prazo de 22 até 28 dias para a entrega começará a valer após a data de confirmação do pagamento. Além disso, segundo a empresa, o progresso do envio Premium é totalmente rastreável e proporcionará aos usuários uma economia de até 59% no custo de envio. A empresa recomenda a opção Premium especialmente para o envio de lotes pesados, pois este modelo de postagem é mais econômico.

negócios com a china

O novo programa é possível após uma parceria entre a AliExpress e a Cainiao Network, o braço logístico do Alibaba, conglomerado do qual a AliExpress também é parte. A encomenda no Premium será totalmente rastreável e, segundo as empresas, proporcionará aos usuários uma economia de até 59% no custo de envio – lotes pesados devem se beneficiar da modalidade.

“O lançamento do AliExpress Premium Shipping para o Brasil representa o nosso compromisso com este importante mercado e a melhoria contínua da experiência do consumidor”, disse, em comunicado, Kang Huang, diretor regional do AliExpress para a América Latina.

Sem dar detalhes, a empresa disse que o Premium terá uma “solução inovadora” de desembaraço junto á alfândega e terá parceiros locais nas entregas terrestres.