Alibaba compra startup de big data por US$103 milhões

Isabella Carvalho

Por Isabella Carvalho

8 de janeiro de 2019 às 10:37 - Atualizado há 3 anos

Logo Novo Curso

Transmissão exclusiva: Dia 08 de Março, às 21h

Descubra os elementos secretos que empresas de sucesso estão usando para se libertar do antigo modelo de Gestão Feudal de Negócios.

Inscreva-se agora
Logo Cyber Monday 2020

Só hoje, nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

O Alibaba anunciou, nesta terça-feira (8), a compra da Data Artisans. A startup, fundada em Berlim, na Alemanha, oferece serviços de processamento de dados em grande escala para empresas. De acordo com o TechCrunch, a gigante chinesa pagou US$ 103 milhões na aquisição.

Criada em 2014, a startup criou a Apache Flink, uma tecnologia de big data e código aberto. “O Alibaba, como um dos maiores usuários de produção e maiores colaboradores do Apache Flink, em estreita colaboração com a comunidade de código aberto e a equipe de artesãos de dados, fez inúmeras contribuições para a base de código do Flink nos últimos dois anos”, disse a startup em um comunicado.

A partir de agora, segundo a Data Artisans, as empresas irão aprimorar esforços e tecnologias para “novos horizontes”, investindo ainda mais em código aberto. “Podemos expandir para novas áreas que não exploramos no passado e garantir que o Flink se torne uma estrutura de processamento de dados mais valiosa para a empresa moderna, orientada por dados e em tempo real”, afirmou a startup.

Segundo a empresa, o Alibaba é um dos maiores usuários e colaboradores da comunidade. A companhia chinesa afirmou que, com a compra da Apache Flink, ela pretende incentivar e promover o crescimento das comunidades de código aberto, impulsionando o desenvolvimento de tecnologias de big data e machine learning.