Após atingir US$ 1 bilhão de receita, Airbnb irá abrir capital em 2020

Tainá Freitas

Por Tainá Freitas

20 de setembro de 2019 às 09:43 - Atualizado há 1 ano

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 22 a 25/Fev - 2021, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora
Logo Cyber Monday 2020

Só hoje, nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

O Airbnb anunciou, nesta quinta-feira (19), que irá realizar sua primeira oferta de ações em 2020. A empresa não disse o período ou a bolsa escolhida para sediar seu IPO.

Criado em 2008 nos Estados Unidos, o Airbnb possui um valor de mercado de US$ 31 bilhões. A startup permite o aluguel de imóveis para estadia temporária, construindo uma comunidade entre hosts (que sedem seus imóveis) e clientes. De acordo com a empresa, o Airbnb possui mais de 7 milhões de imóveis listados em sua plataforma, em mais de 100 mil cidades ao redor do mundo.

No segundo trimestre deste ano, a startup afirma ter realizado US$ 1 bilhão em receita. Essa foi a segunda vez que a companhia ultrapassou esse valor em um trimestre. Compartilhar os ganhos é algo positivo, principalmente após IPOs como da Uber e Lyft, em que as companhias não são lucrativas e as ações estão sendo negociadas abaixo do preço mínimo estabelecido na oferta inicial.

Ainda sobre receita, o Airbnb criou outro produto além das hospedagens: as experiências. A iniciativa permite que os clientes façam programas que fogem do óbvio onde irão visitar, como aprender a cozinhar massas com um chef italiano. O produto permite que o Airbnb conquiste não apenas os turistas, mas também os locais que desejam descobrir mais os lugares onde vivem. Em Sidney, na Austrália, e em São Paulo, mais de 15% das experiências são reservadas por pessoas que moram nas cidades. A plataforma oferece mais de 40 mil experiências.

O crescimento da atuação da startup aconteceu rapidamente. Em 2019, mais de mil cidades possuem milhares de opções de estadia disponíveis no Airbnb. Em 2011, apenas 12 cidades possuíam essa gama de opções.