Huawei lança serviço de armazenamento na nuvem com IA no Brasil

Empresa chinesa quer aumentar presença no mercado brasileiro e incentivar transformação digital de companhias locais

0
shares

A Huawei, empresa de tecnologia da China, lançou nesta quinta-feira um serviço de armazenamento de dados na nuvem no Brasil. A Huawei Cloud é integrada a um algoritmo de inteligência artificial e, segundo o anúncio oficial, está otimizada para a rede 5G.

Assine a newsletter Conexão China e receba conteúdo exclusivo semanal sobre a maior potência inovadora do Oriente!

"A computação em nuvem é um fator essencial para impulsionar a transformação digital das empresas", afirma Erik Schanz, gerente de novos negócios da Huawei. "Nos posicionamos no Brasil e na América Latina em geral para atender todas as empresas que estão caminhando para a transformação digital".

Atualmente, empresas de tecnologia dos EUA dominam o mercado de armazenamento na nuvem no Brasil. Entre as líderes, estão Google, Microsoft, IBM, Amazon e Apple. Com a chegada da Huawei, o mercado brasileiro de computação em nuvem se tornará mais um palco da disputa entre chineses e norte-americanos.

De acordo com Qin Dan, CEO da Huawei Clould no Brasil, a nuvem da empresa é otimizada para aplicações de logística, telemedicina, casas inteligentes, realidade aumentada e virtual, entre outras. “Temos a tecnologia, a experiência, a segurança e o suporte para que nossos clientes possam transformar e expandir seus negócios. Estamos aqui para fornecer soluções”, explica.

5G no Brasil

O leilão das frequências para a difusão da conexão 5G estava previsto para o início de 2020, mas a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) já aponta para adiamento do processo. Apesar disso, a Huawei se mantém confiante para ser a empresa que fornecerá a estrutura tecnológica para a rede de alta velocidade.

Aplicações voltadas a Internet das Coisas (IoT) e direção autônoma, por exemplo, dependem da baixa latência da rede 5G para funcionarem com eficiência. A Huawei Cloud já mira estes mercados do futuro e creem na integração com o 5G para atrair novos clientes ao serviço.

Construtech 2020: Saiba como as novas tecnologias e mudanças de hábito do consumidor estão transformando o setor de construção

Atualize-se em apenas 5 minutos


Receba diariamente nossas análises e sinta-se preparado para tomar as melhores decisões no seu dia a dia gratuitamente.

Comentários