Elon Musk deseja soltar bomba nuclear em Marte

O empreendedor acredita que iniciativa pode auxiliar que o planeta se torne habitável ao vaporizar calotas polares e liberar CO2

0
shares

Não é novidade que um dos maiores sonhos – ou planos – de Elon Musk é colonizar Marte. O empreendedor já sabe por onde começar: jogando uma bomba nuclear no planeta vermelho. De acordo com ele, a bomba iria vaporizar as calotas de gelo do local, bem como liberar CO2 na atmosfera.

O empreendedor já havia mencionado essa ideia em 2015, em um programa de entrevistas da televisão. Agora, mais do que nunca, Musk está revivendo o assunto. Ele lançou camisetas com “Nuke Mars” na loja online da SpaceX e alterou sua foto de perfil, substituindo-a pela mesma estampa.

Um seguidor o perguntou no Twitter em quanto tempo Marte se tornaria um planeta habitável como a Terra após a explosão. Ele estimou que levaria “menos do que um século, mas seria muito intenso”. Ele também comparou o Sol à explosão com as bombas nucleares. “Para a sua informação, o Sol é uma imensa explosão termonuclear”, escreveu.

No ano passado, dois cientistas dos EUA exploraram a possibilidade de usar CO2 para colonizar o planeta - e concluíram que não seria possível com a tecnologia atual.

O marketing de Musk

Essa não é a primeira vez que o empreendedor produz camisetas e outras peças que defendem ideias em que ele acredita. O CEO da Tesla vendeu bonés e camisetas para auxiliar no financiamento da The Boring Company, sua empresa de transporte subterrâneo, e até lança-chamas.

Musk possui uma grande legião de fãs que o apoia nessas iniciativas - inclusive comprando os produtos. No lançamento do Model Y da Tesla em março deste ano, ele usou um tênis customizado com o logo da empresa e o calçado roubou a cena no evento. Segundo relatos, era possível ouvir gritos de "Eu amei o seu tênis!" na plateia.

Atualize-se em apenas 5 minutos


Receba diariamente nossas análises e sinta-se preparado para tomar as melhores decisões no seu dia a dia gratuitamente.

Comentários