Wing, startup do Google, lança mapa para voos com drones

Chamado de "OpenSky", aplicativo é o equivalente ao Google Maps, e seu objetivo é organizar o trânsito de drones

0
shares

A Wing, um dos braços de inovação da Alphabet, holding do Google, lançou um mapa com as áreas adequadas para voos com drones. Chamada de “OpenSky”, a novidade está disponível na Austrália e é destinada àqueles que usam o veículo para voo recreacionais e comerciais.

Assim como o Google possui o Maps, a expectativa é que o OpenSky da Wing organize o trânsito de drones. A ferramenta se faz cada dia mais necessária à medida que as empresas avançam seus esforços com estes veículos – como a Amazon e a própria Wing, que iniciou o voo com drones recentemente.

O aplicativo – que também está disponível em um site – informa aos usuários as áreas permitidas para voo, ajuda a planejar rotas e avisa caso haja algum evento temporário que impeça o voo em áreas descritas como adequadas.

“Seja você alguém que tenha o hobbie de voar ou um negócio que usa aeronaves não tripuladas para pesquisar terras ou entregar mercadorias, OpenSky torna fácil de descobrir onde e como voar, feito sob medida para sua operação”, descreve a empresa em seu site.

A Wing tem o objetivo de viabilizar entregas com drones. O delivery de produtos vai desde remédios, cafés, equipamentos, entre outros. Em três anos de desenvolvimento, a empresa já realizou 75 mil testes de voos. O menor tempo em que realizou uma entrega foi em 2 minutos e 47 segundos, mas a expectativa é que trajetos de seis milhas (cerca de 9 km) levem, em média, 6 minutos.

Atualize-se em apenas 5 minutos


Receba diariamente nossas análises e sinta-se preparado para tomar as melhores decisões no seu dia a dia gratuitamente.

Comentários