Apple lança programa de incentivo para desenvolvedores de apps na China

Venda de iPhones diminuiu no país e aplicativos para iOS são alternativas para aumentar receitas

0
shares

A Apple lançou em Xangai, na China, um programa de incentivo a desenvolvedores de aplicativos. A iniciativa conta com palestras, workshops e sessões para networking que miram os mais de dois milhões de desenvolvedores chineses de aplicações para o sistema operacional iOS. As informações são da Reuters.

As vendas de iPhone estão diminuindo no mundo todo, inclusive na China, o principal mercado da empresa fora dos EUA. Por outro lado, cada vez mais a Apple foca em serviços como fonte de receita, como ficou claro nos lançamentos de plataformas de streaming de filmes, de games e de notícias. Neste sentido, o desenvolvimento de apps nativos do público chinês torna-se uma promessa de aumentar a arrecadação através da App Store.

Segundo estudo da consultoria Evercore ISI, a receita de serviços da Apple aumentou no trimestre que acabou em junho, em parte por conta do crescimento na China. Ainda de acordo com a Reuteurs, o CEO Tim Cook elogiou a situação do mercado de serviços da empresa no país asiático.

Mesmo com a disputa comercial entre EUA e China, Cook não vê a Apple como um dos alvos de restrições do governo chinês. Inclusive, a empresa está transferindo uma de suas fábricas para a China, e mantém a chinesa Foxconn como fabricante principal de componentes do iPhone.

Atualize-se em apenas 5 minutos


Receba diariamente nossas análises e sinta-se preparado para tomar as melhores decisões no seu dia a dia gratuitamente.

Comentários