Robôs são aliados no combate ao câncer de pulmão

Tecnologia robótica está ajudando pacientes, nos Estados Unidos, a descobrir se eles têm câncer de pulmão mais rapidamente, com maior precisão e menos complicações

0
shares

Uma nova tecnologia robótica, operada por um controle de videogame, está ajudando pacientes nos Estados Unidos a descobrir se eles têm câncer de pulmão mais rapidamente, com segurança e com menos complicações.

A plataforma chamada Monarch, da fabricante Auris Health, é uma inovação aprovada, há oito meses, pelo FDA, orgão regulador do Departamento de Saúde dos Estados Unidos, e que começa a ter seus resultados práticos divulgados. A Monarch permite aos médicos visualizar os pulmões e obter, rapidamente e com baixo desconforto para o paciente, partes de tecido para uma biópsia.

"O câncer de pulmão é mais mortal do que o câncer de mama, cólon, próstata e pâncreas combinados, mas os sintomas não aparecem até os estágios avançados", diz Daniel Nader, médico-chefe da equipe que está utilizando a tecnologia em alguns centros médicos, nos Estados Unidos. "Isso nos permite encontrar e fazer a biópsia de nódulos em um estágio muito anterior, em vez de permitir que eles cresçam."

Precisão e conforto para o paciente

Os métodos tradicionais usados ​​para obter amostras de tecido dos pulmões, quando há suspeita de câncer, são mais invasivos, desconfortáveis para o paciente e, mesmo assim, não conseguem chegar tão longe nos pulmões. "Os robôs são capazes de 'caminhar' através dos brônquios para chegar ao local de destino, com rapidez e precisão", diz Nader.

Com a utilização dos robôs, a taxa de precisão na coleta de amostras de nódulos suspeitos é de 98%. Outras tecnologias têm, em média, entre 65% e 85% de precisão. "Não só é mais preciso, mas causa menos complicações", diz Nader. "Em outras tecnologias, a taxa de complicações pode chegar a 30%. Com essa tecnologia, esperamos que a taxa de complicações seja menor que 0,1%."

O médico espera que a tecnologia robótica seja usada, em breve, na neurologia, no manejo de cálculos renais e nas implicações gastrointestinais. O vídeo é uma simulação de como o médico utiliza os robôs no diagnóstico de câncer de pulmão.

 

Junte-se a mais de 400.000 Empresários e Profissionais Para Conhecer os Negócios Mais Disruptivos do Mundo!

switch-check
switch-x
Nova Economia
switch-check
switch-x
Empreendedores
switch-check
switch-x
Investimentos
switch-check
switch-x
Startups
switch-check
switch-x
Ecossistema

Comentários