Uber quer entregar comida com drones até 2021

A Uber está procurando candidatos para a UberExpress, com o intuito de tornar entregas via drone possíveis até 2019 e operar no mercado até 2021

0
shares

A Uber está em busca de um executivo de operações para tornar o delivery através de drones uma realidade funcional até o final do ano que vem, segundo vaga de emprego encontrada pelo The Wall Street Journal. Na descrição, a empresa espera operar a solução em diferentes mercados até 2021.

O executivo especializado em drones deve viabilizar “operações de voo escaláveis, legais, seguras e eficientes”, conforme descreve a vaga. Ela ainda se refere ao serviço como UberExpress, nome que está sendo utilizado internamente para o serviço de drones. Segundo o jornal, a área ficaria dentro do UberEats, divisão da empresa focada no delivery de refeições com pedidos por aplicativo. Hoje, as principais formas de entrega de comida pelo UberEats são os carros, motocicletas e bicicletas.

A vaga, que possuía o nome de “Flight Standards and Training”, foi retirada da plataforma de carreira do Uber após o jornal entrar em contato com a empresa. Um porta-voz da Uber afirmou ao WSJ que “a vaga não reflete completamente nosso programa, que ainda está em seus primeiros dias”.

Apesar da página que revelava detalhes do novo empreendimento ter sido retirada do ar, ainda existem algumas vagas que trazem indícios da UberExpress. Na vaga de “iOS Engineeer – Airspace System” – engenheiro para aparelhos da Apple focado no serviço aéreo -, a empresa afirma que o candidato deve entender e auxiliar no desenvolvimento do UberAIR (divisão em que transportaria passageiros através de táxi aéreo) e “potencialmente operações de drone delivery”.

Já na vaga de “Functional Safety Technical Expert, Automated Vehicles” – em que o profissional seria o técnico-expert em segurança na divisão de carros autônomos -, uma requisição de experiências anteriores é de ter trabalhado com veículos aéreos, em específico os próprios drones. Já na vaga de “Test Support Specialist”, o candidato ganha pontos se tiver uma licença para pilotar esses dispositivos aéreos.

Hambúrgueres voadores?

Em maio deste ano, Dara Khosrowshahi, CEO do Uber, afirmou na conferência sobre os táxis-aéreos que a empresa planejava realizar testes de entregas de comida com drones. “Nós precisamos de hambúrgueres voadores”, disse o CEO. Para ele, seria possível realizar entregas entre 5 e 30 minutos.

Recentemente, banqueiros avaliaram a divisão de delivery de comida da Uber, o UberEats, em US$ 20 bilhões, segundo o WSJ. Além do suposto valuation, a possibilidade de entrega por drones seria um fator favorável à divisão da Uber frente aos concorrentes.

A Domino’s já realizou entregas de pizza através de drones na Nova Zelândia, em 2016. Essa é uma iniciativa que está sendo cobiçada por outras empresas – não apenas o delivery de refeições, mas também de objetos. Ainda em 2016, a startup israelense FlyTrex recebeu um aporte de US$ 3 milhões justamente para realizar entregas via drones, e a Amazon e o Walmart já expressaram grande interesse na tecnologia.

Seja a FlyTrex, Uber, Amazon ou Walmart, as empresas devem encontrar grandes resistências regulatórias quanto ao uso da tecnologia, devido a medidas de segurança existentes na maioria dos países.

Novas iniciativas da Uber

Mas a UberExpress não é a única novidade que a empresa parece estar se aventurando nos últimos dias. Recentemente, o Financial Times informou que a Uber estaria trabalhando na UberWorks, uma plataforma para contratar funcionários temporários.

A solução seria B2B e estaria focada em outras empresas, facilitando a contratação de funcionários em eventos, por exemplo. A Uber não comentou sobre o suposto novo empreendimento.

Os supostos novos empreendimentos da Uber estão sendo divulgados com a proximidade da oferta pública inicial de ações da empresa, que estaria sendo prevista para o início de 2019. No IPO, a Uber pode atingir o valor de mercado de US$ 120 bilhões, segundo o WSJ. Essa seria uma oportunidade para a companhia mostrar que oferece mais soluções além das corridas por aplicativo.

Assine nossa newsletter

switch-check
switch-x
Nova Economia
switch-check
switch-x
Empreendedores
switch-check
switch-x
Investimentos
switch-check
switch-x
Startups
switch-check
switch-x
Ecossistema

Comentários

Mais em Tecnologia & Inovação