Toyota investirá US$ 500 milhões nos carros autônomos da Uber

De acordo com o The Wall Street Journal, o novo acordo com a Toyota avaliará a empresa em US$ 72 bilhões

0
shares

Como parte de uma parceria envolvendo carros autônomos, a Toyota investirá US$ 500 milhões na Uber, um acordo que avaliará a empresa em US$ 72 bilhões - as informações são de um novo relatório do The Wall Street Journal, que conversou com pessoas familiarizadas com o assunto. Com o acordo, a Toyota fabricará veículos Sienna equipados com a tecnologia de autocondução da Uber, e uma terceira companhia operará a frota, disse a fonte não identificada. Ao contrário da parceria que a Uber tem com a Volvo, a empresa não será proprietária dos veículos. 

Há anos as duas empresas vêm discutindo sobre tecnologias e autocondução e, em 2016, inclusive, a gigante automobilística japonesa chegou a investir na Uber. Além disso, a relação entre as empresas se estreita a cada dia - no começo deste ano, por exemplo, o TechCrunch revelou que a companhia estava pensando em vender sua tecnologia para a Toyota.

A Uber já havia sido avaliada em US$ 69 bilhões em uma rodada privada de venture capital e, também no início deste ano, um grupo de investidores liderados pelo SoftBank Group do Japão decidiu investir na Uber, fato que tornou a Softbank a maior acionista da empresa.

Atualmente, tem se tornado comum empresas de carros, de tecnologia e outros provedores de serviços firmarem parcerias em projetos de carros sem motorista e autocondução nos últimos dois anos, devido à dificuldade e ao alto custo de desenvolver essa tecnologia. Com a Uber isso não é diferente. Além de fazer o acordo com a Toyota, a empresa desenvolve sua estratégia na área em outras duas frentes - a companhia comprou milhares de Volvos, que foram adaptados com sua tecnologia de condução autônoma e operam a frota por conta própria, bem como firmou uma parceria com a Daimler AG, que será a proprietária e operará seus próprios carros na rede da Uber.

A Uber considera a tecnologia de autocondução um dos pontos cruciais para o sucesso de seu futuro, mas quando procurado, o porta-voz da companhia não quis comentar sobre o assunto, assim como o representante da Toyota que, de acordo com a empresa, não estava disponível para dar entrevistas. Mas segundo o TechCrunch, a ideia da Toyota é desenvolver carros totalmente autônomos para atender a uma população envelhecida e deficiente, bem como trabalhar em tecnologias para produzir carros que poderiam alternar entre autonomia assistida e total. 

(Via Business Insider)

Junte-se a mais de 400.000 Empresários e Profissionais Para Conhecer os Negócios Mais Disruptivos do Mundo!

switch-check
switch-x
Nova Economia
switch-check
switch-x
Empreendedores
switch-check
switch-x
Investimentos
switch-check
switch-x
Startups
switch-check
switch-x
Ecossistema

Comentários