Zimp e Weibo se juntam para desenvolver e-commerces no Brasil e na China

Avatar

Por Lucas Bicudo

22 de novembro de 2016 às 10:15 - Atualizado há 4 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

O programa de fidelidade Zimp fechou uma parceria com o Weibo, a maior rede social da China. O escopo desta parceria é o desenvolvimento do comércio eletrônico nos dois países, permitindo tanto o acesso de marcas brasileiras ao mercado chinês, quanto o de marcas chinesas no Brasil.

 

A operação será realizada em duas frentes: marcas brasileiras parceiras do Zimp poderão operar no mercado chinês por meio do Weibo; e marcas chinesas de e-commerce passarão a operar na plataforma do Zimp, obtendo assim acesso ao mercado brasileiro.

 

A parceria foi possível graças à atuação da YouXing, empresa especializada no desenvolvimento de projetos entre empresas chinesas e brasileiras. A YouXing recebeu do Weibo a missão de encontrar parceiros brasileiros para projetos bilaterais de e-commerce – e definiu pelo Zimp, quando a plataforma ainda estava em desenvolvimento.

 

“O Weibo ficou impressionado com a capacidade técnica da nossa equipe, e viu no Zimp o parceiro ideal para desenvolver o mercado de fidelidade na China, que hoje ainda é pequeno perto do seu potencial”, afirma Julia Canalini, CEO do Zimp. “Acreditamos que o modelo de pontuação que construímos, transparente e simples para o consumidor e o lojista, permitirá ampliar o mercado brasileiro de fidelidade, que hoje atinge apenas 10% dos consumidores brasileiros”.

 

Com pontos que não expiram e cada ponto valendo um real, a plataforma traz vantagens ao consumidor e ao lojista. Para o consumidor, o valor de seu ponto é transparente, não há prazo para resgate e o processo é simples, tornando a experiência do uso próxima a do dinheiro. Já para o lojista, o programa oferece baixo risco, uma vez que é baseado em performance: não existem custos indiretos como taxa de adesão, mensalidade, licença ou taxa de instalação, não tem o risco do seu investimento ser perdido com expiração e só paga os pontos quando efetua a venda.

Não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo!

[php snippet=5]