Touch Surgery sugere realidade aumentada para treinamentos cirúrgicos

Avatar

Por Lucas Bicudo

6 de janeiro de 2017 às 13:42 - Atualizado há 4 anos

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora

Treinar cirurgiões para procedimentos específicos é caro e trabalhoso. A Touch Surgery já criou mais de 200 programas cirúrgicos via mobile ou tablet para simplificar esse processo. Agora a startup vai na onda de realidade aumentada e oferecerá treinamentos imersivos para DAQRI e HoloLens.

“Acreditamos que otimizar e escalar procedimentos cirúrgicos poderá entregar um melhor treinamento a cirurgiões e consequentemente melhores resultados em cirurgias ao redor do mundo”, comenta o CEO Dr. Jean Nehme, ao TechCrunch. “Até agora, a nossa saída tem sido através de dispositivos móveis. Para 2017, permitimos que nosso pipeline forneça plataformas de realidade aumentada”.

A Touch Surgery deu lampejos de sua tecnologia pela primeira vez na Consumer Electronics Show (CES), em Las Vegas, essa semana.

A verdadeira sacada aqui é mover o conteúdo de treinamento a partir do cenário relativamente estéril de um telefone, para colocar esses profissionais diretamente na sala de operações.

É fácil imaginar como um cirurgião prestes a pegar um bisturi e uma dúzia de outros instrumentos afiados pode querer ter uma sobreposição ao vivo da cirurgia que está prestes a começar. É uma simulação bem viva na sua mente.

Parece um pouco futurista e muita coisa ainda precisa ser desenvolvida. Por um lado, talvez reduza o número de erros cometidos em procedimentos mais complexos, mas por outro, talvez seja um pouco inquietante pensar que há uma chance de que seu cirurgião não saiba o que está fazendo e está sendo movido apenas pela tecnologia.

(via TechCrunch)

Não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo!

[php snippet=5]