StartSe no Mundo: conheça a startup que fará você nunca mais contratar as pessoas erradas

Os principais clientes da Weirdly são outras startups, que precisam contratar as pessoas certas sem ter uma estrutura para ajudar na seleção e ainda ganhar tempo sendo mais assertivas no processo

Avatar

Por Eduardo Glitz

17 de março de 2016 às 17:15 - Atualizado há 4 anos

Sabe aquela dúvida na hora de contratar um funcionário? Será a pessoa certa? As pesquisas dizem que o sucesso de uma contratação está 80% no perfil psicológico do candidato e em sua aderência à cultura da empresa e somente 20% em seu currículo e experiência prévia – e ainda assim a maioria das empresas se debruça na seleção de currículos e em muitas entrevistas.

Por isso foi criado o Weirdly, um software que ajuda a entender se cada candidato se adequa ao perfil de sua empresa e à vaga em questão, mesmo antes de começar a entrevista. O StartSe no Mundo conversou com Keren Philips, uma das fundadoras dessa startup. Eles estão sediados em Auckland, na Nova Zelândia, mais especificamente no co-working da BizDojo, o maior do país.

Junto com outros 3 sócios, ela fundou a empresa há dois anos e hoje já conta com mais de 1.500 usuários em 12 países, crescendo a uma média de 100 novos usuários por mês. Além dos sócios, a startup conta com mais 4 funcionários e no ano passado recebeu aporte de um fundo local. Segundo Keren, o crescimento ocorre no ritmo desejado, devendo atingir o break even nos próximos meses.

Os principais clientes da Weirdly são outras startups, que precisam contratar as pessoas certas sem ter uma estrutura para ajudar na seleção e ainda ganhar tempo sendo mais assertivas no processo.

Keren nos contou que utilizar o sistema é muito simples: a empresa lista as características que busca no candidato e o algoritmo gera uma série de perguntas, específicas para cada candidato. O sistema pode ainda ser integrado ao site da empresa que, ao final do processo, terá um painel de controle com todos os candidatos e um ranking dos que mais possuem aderência à cultura e à vaga ofertada. Pode também gerenciar os contatos com cada um deles, enviar e-mails e anotar observações, ou seja, uma gestão completa do processo seletivo.

IMG_1591

E os diferenciais não param por aí. Keren também nos explicou que as perguntas criadas são amigáveis e muito diferentes dos tradicionais testes psicológicos, o que acaba deixando o produto muito mais adequado ao perfil das startups que precisam contratar. Segundo ela, em 30 segundos é possível listar os atributos da vaga e já ter um questionário para utilizar com os candidatos.

Sem dúvida, as vantagens de usar o sistema são muitas, e no Brasil isso é muito relevante, pois os custos que incidem sobre contratar, treinar e demitir um funcionário são muito grandes, sem contar o tempo perdido. Outro ponto relevante é a gestão do processo seletivo, ganhando-se muito mais tempo para o empreendedor realmente gerenciar o seu negócio, sem precisar buscar, analisar currículos e fazer entrevistas.

A ferramenta funciona com o modelo de assinatura, mas também possui uma versão gratuita sem restrição de tempo de uso – mas obviamente com algumas restrições de funcionalidades. É uma ótima oportunidade para quem quiser testar: weirdlyhub.com.

Este conteúdo faz parte do projeto StartSe no Mundo, uma viagem empreendedora por mais de 40 países. Conheça o site do projeto clicando aqui e inscreva-se para receber conteúdos exclusivos ao longo da jornada, que podem inspirá-lo e adjudá-lo a empreender.