StartSe no Mundo: 90 Seconds, a startup que quer ser o Uber dos vídeos

Já pensou em ter aquele vídeo de lançamento de um produto pronto em apenas 24 horas?

Avatar

Por Eduardo Glitz

21 de março de 2016 às 18:30 - Atualizado há 4 anos

Já pensou em sua empresa ter aquele vídeo de lançamento de um produto pronto em apenas 24 horas? E isso desde o briefing até a versão final? Pois é, o mundo está mudando. Há algum tempo, quando as conexões de internet eram mais lentas, era pouco comum as empresas se comunicarem através dos vídeos, mas nos últimos anos isso mudou muito. A indústria dos vídeos online não para de crescer e vem se tornando, cada vez mais, uma importante ferramenta de marketing para as empresas – sem dúvida mais uma oportunidade de mercado que se abre para empreendedores.

O StartSe no Mundo está em Auckland, na Nova Zelândia, e conversou com Mischa Malane, um dos heads da 90 Seconds, a startup que está disposta a revolucionar a indústria de produção de vídeos. E, sim, eles estão preparados para entregar vídeos em prazos que variam de um dia a até uma semana, dependendo da necessidade do cliente. A 90 Seconds consegue esse feito porque conta com uma plataforma de freelancers em todo o mundo, segundo Mischa. Produzir um vídeo pode ser tão simples quanto comprar uma passagem aérea –  e é isso que eles buscam oferecer aos clientes.

IMG_1604

A plataforma é simples e intuitiva, permitindo ao cliente montar seu briefing completo, desde as características do vídeo até o orçamento. O StartSe no Mundo simulou, ao lado de Mischa, esse processo de compra, que é realmente muito interessante e disruptivo. De forma natural e fácil, o sistema vai trazendo os itens que você precisa inserir no briefing e o processo é concluído em poucos minutos. A partir do momento que o cliente finaliza e envia o pedido, um gerente da 90 Seconds recebe a solicitação, busca freelancers no mundo todo para executar o projeto e em tempo real atualiza o cliente do status – se precisar de vídeos ou fotos de qualquer lugar do mundo, haverá profissionais cadastrados que conseguirão realizar.

A relação pode ser toda online, mas se o cliente se sentir mais confortável poderá falar com o gerente responsável pelo seu projeto.

Ao contrário de algumas plataformas que já existem no mercado, que apenas conectam o cliente com os profissionais, a 90 Seconds faz a intermediação dessa relação, para se diferenciar e garantir uma entrega de alta qualidade. Isso é o que o mercado chama de curadoria, ou seja, é uma plataforma onde o cliente encontra os fornecedores, mas existe uma empresa por trás gerenciando para garantir a qualidade, da mesma forma que funciona o Uber.

A startup já produziu mais de 7 mil videos em 50 países diferentes, já tendo grandes marcas como clientes, como Google e McDonald’s. Possui 10 escritórios nas principais cidades do mundo e está se preparando para uma rodada de investimentos Series A. Vamos torcer por eles!

Gostou deste conteúdo? Ele faz parte do projeto StartSe no Mundo, uma viagem empreendedora por mais de 40 países. Conheça o site do projeto clicando aqui e inscreva-se para receber conteúdos exclusivos ao longo da jornada, que podem inspirá-lo e adjudá-lo a empreender.