StartSe na Noruega: até 2025 aqui terá somente veículos elétricos nas ruas

A Europa de velho mundo não tem nada. É na Noruega que existe o maior índice per capita de carros elétricos do mundo

Avatar

Por Eduardo Glitz

21 de novembro de 2016 às 17:06 - Atualizado há 3 anos

A Noruega é um pequeno país no norte da Europa, que junto com a Dinamarca, Suécia e Finlândia formam a Escandinávia. O país, além de muito rico, está hoje entre as economias com o maior nível de liberdade econômica do planeta. Sua capital, Oslo, é uma cidade que mistura o moderno com o clássico e demonstra a força da nação. Ao viajar ao pelo norte, fica ainda mais nítido o nível de investimento em infraestrutura, com rodovias, túneis e pontes que não acabam, todos em perfeito estado e com pouquíssimo movimento, afinal são apenas 5 milhões de habitantes em todo o território.

E como eu sempre digo, a Europa de velho mundo não tem nada. É na Noruega que existe o maior índice per capita de carros elétricos do mundo. Em 2016 mais de 30% dos carros vendidos foram elétricos. É impressionante quando você analisa, por exemplo, o estacionamento de um shopping center, são dezenas de estações de carregamento das baterias e todos lotados.

Me locomovi de Uber pela cidade e na maioria das vezes eram automóveis  movidos a energia. Marcas e modelos comuns no Brasil, como o Volkswagen Golf, são vendidos como elétricos. Sem falar na Tesla, que está por andando por todos os lados. Não é por acaso que Oslo é considerada a capital mundial do carro elétrico. Hoje no país o índice é de 21,5 carros elétricos para cada 1 mil habitantes, o que é 14 vezes maior que os Estados Unidos.

Quando se analisa o ranking dos carros mais vendidos no país, fica ainda mais clara a paixão dos noruegueses pelos veículos elétricos: nos últimos anos o Tesla Model S foi por algumas vezes o veiculo mais vendido nos rankings mensais, o mesmo aconteceu com o Nissan Leaf. E para completar, em março de 2015, pela primeira vez, os três carros mais vendidos por lá foram o Tesla Model S, o Volkswagen e-Golf e o Nissan Leaf. Todos elétricos.

Tudo isto é motivado pelos incentivos do governo, onde os carros movidos a energia são isentos dos impostos não recorrentes, garantindo isenções que superam 25% e os tornam muito competitivos. E miram no plano do governo de até 2025 todos os automóveis particulares e comerciais, serem aqueles com zero emissão de poluentes, ou seja movidos a eletricidade ou hidrogênio. Sem dúvida um grande exemplo de sustentabilidade para o restante do mundo.

Não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo!

[php snippet=5]