Startse na Indonésia: confira uma startup conecta as comunidades mais pobres com o mundo

Avatar

Por Eduardo Glitz

30 de Maio de 2016 às 16:37 - Atualizado há 4 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

Bali é uma ilha cercada de pontos turísticos estonteantes e belezas naturais por todos os lados na Indonésia. Mas a maior parte da riqueza trazida pelos mais de 3,7 milhões de turistas do mundo inteiro que a visitam por ano não fica por aqui. Com isso, a maior parte dos 1.480 povoados locais vivem na pobreza e sofrem com o desemprego.

Ao mesmo tempo, potencial não falta. Os vilarejos têm vocação rural e capital humano suficiente para sustentar o desenvolvimento da região. O que faltava era um projeto como a startup social Five Pìllars Foundation, uma organização que pretende ajudar as comunidades locais a tirar partido das suas qualidades e construir o futuro baseado em crescimento sustentável.

Quem me contou mais sobre a ideia foi Putu Wiraguna, que prefere ser chamado apenas de Wira. Ele é uma mistura de relações públicas e agitador social da empresa e está sempre em busca de novas parcerias e oportunidades. Nós nos encontramos no escritório de coworking Hubud e ele me falou sobre seu papel ajudando a população local a promover e proteger a cultura e o ecossistema da ilha por meio do turismo.

Localizada no Oeste da Indonésia, Bali faz parte de um conjunto com centenas de outras ilhas e é o principal destino no país. Os Five Pillars que dão nome ao empreendimento social são Meio Ambiente, Sociedade, Educação, Economia e Cultura. Eles guiam todo o trabalho da fundação e nenhum é mais importante que o outro. Todos se conectam.

Essa, contou Wira, é a filosofia por trás das ações que buscam novas formas de aprender, pensar e agir sobre as questões levantadas pela comunidade. A startup formulou uma pergunta básica: Como construir um negócio que seja não apenas bom para a economia, mas também consiga impactar socialmente, que não prejudique o meio ambiente, que dê poder às pessoas e incentive e apoie valores culturais?

As respostas vêm do diálogo e a colaboração entre comunidades globais e locais. Eles criam a ponte entre a comunidade e o mundo, ajudando a divulgar o que cada povo faz de melhor. Em Bali as pessoas são divididas em povoados e cada um tem a sua especialidade, que vão desde produção de alimentos até marcenaria. Por isto a startup aposta na construção de relacionamentos e conexões entre as pessoas para alcançar o desenvolvimento econômico de que sua região precisa, mas também para encontrar soluções para os problemas que vêm junto com o turismo internacional. E isso pode servir de exemplo para qualquer país.

No passeio que dei com Wira até a sede da Five Pillars Foundation, ele explicou que o principal negócio deles para o público global é oferecer experiências turísticas autênticas por meio de excursões que valorizam o que é genuinamente balinês. Desde aulas de culinária e costura até a visita a templos acompanhados de pessoas da comunidade, passando por fazendas de cogumelos orgânicos ou por uma área de resgate e proteção da vida selvagem.

Outra parte da missão deles é colocar em contato pescadores, fazendeiros, artesãos, artistas e outros profissionais locais com Organizações Não-Governamentais, universidades, corporações, pesquisadores, governos e com o público em geral.

Além de Wira, outros empreendedores sociais e líderes locais fazem parte da iniciativa. Eles traçam estratégias, identificam demandas comunitárias, levantam fundos e tocam os programas, que vão desde a oferta de treinamento para adolescentes, pequenos empresários e pessoas com necessidades especiais até seminários customizados sobre uso da tecnologia, liderança e desenvolvimento do turismo. Eles ainda organizam oportunidades de voluntariado, treinamento em liderança, eventos e fazem intermediação para artistas e produtores locais.

IMG_5693 IMG_5692 IMG_5690 IMG_5689 IMG_5377

Este conteúdo faz parte do projeto StartSe no Mundo, uma viagem empreendedora por mais de 40 países. Conheça o site do projeto clicando aqui e inscreva-se para receber conteúdos exclusivos ao longo da jornada, que podem inspirá-lo e adjudá-lo a empreender.