StartSe na Índia: você sabe o que é data visualization?

Avatar

Por Eduardo Glitz

22 de agosto de 2016 às 19:58 - Atualizado há 4 anos

Logo ReStartSe

GRATUITO, 100% ONLINE E AO VIVO

Inscreva-se para o Maior Programa de Capacitação GRATUITO para empresários, gestores, empreendedores e profissionais que desejam reduzir os impactos da Crise em 2020

Sabe aquela vontade de pegar quadro branco e desenhar para as pessoas uma idéia ou uma forma de ver os números? Então é este o problema que a Pykih, uma startup indiana esta resolvendo. Confesso que ao começar a conversar com os empreendedores não tinha entendido o potencial daquele negócio. Mas com os exemplos que eles foram me trazendo, tudo ficou mais claro.

Eles se denominam um segmento do BI (Business Inteligence) que busca facilitar a forma de visualização dos dados, ajudando em uma melhor tomada de decisão. Ou seja, eles acreditam, e os resultados provam isto, que os decisores conseguem visualizar melhor os dados em gráficos do que em tabelas, e melhor ainda em diferentes formatos que simplifiquem a visualização dos números. A missão deles é personalizar para cada empresa o formato mais eficiente. Já são mais de 50 clientes no mundo, o que prova que este mercado existe e esta aberto a novas idéias que tornem as empresas mais eficientes.

Mas tão importante quanto melhorar a tomada de decisão é conseguir registrar ela, e isto tem sido onde Ritvvij Parrikh, o fundador, tem gastado seu tempo. Pois segundo ele, a maioria dos tomadores de decisão não possuem nenhum registro do motivo pelo qual decidiram uma determinada ação, eles analisam os números e partem para ação, mas sem registros. Isto impede muitas vezes de se replicar o que é bom e principalmente entender o que realmente gerou uma mudança nos resultados. Então seu sistema também passou a oferecer a função de rastreamento das decisões, isso é revolucionário na área de BI e tem ajudado muitas empresas.

A startup tem hoje 12 funcionários e esta em franca expansão, seu formato de trabalho é sempre por projetos, e por incrível que pareça, os principais clientes deles são as áreas de BI das empresas, que sozinhas não conseguiram encontrar o melhor formato de apresentar seu trabalho. Isso prova o quanto as startups podem ajudar as grandes empresas a crescerem. É a nova revolução.

IMG_9122 IMG_8954

Este conteúdo faz parte do projeto StartSe no Mundo, uma viagem empreendedora por mais de 40 países. Conheça o site do projeto clicando aqui e inscreva-se para receber conteúdos exclusivos ao longo da jornada, que podem inspirá-lo e ajudá-lo a empreender.