StartSe na Índia: conheça a Creditmonk, o Tripadvisor do crédito

Avatar

Por Eduardo Glitz

23 de agosto de 2016 às 18:57 - Atualizado há 4 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

A Índia é um celeiro de fintechs. Eu estive visitando a aceleradora criada pelo Barclays em Mumbai, voltada unicamente para empresas de fintech. E lá conheci a Ridhi Doongursse, fundadora da Credimonk, uma idéia nova que busca criar uma rede de avaliação de bons pagadores. Seria mais ou menos como um Tripadvisor do crédito. Algo inovador, e por isto fiz uma entrevista com ela exclusiva para os leitores do Startse no Mundo, veja abaixo.

1) Qual é o problema que o a sua startup quer resolver?

Um dos maiores problemas hoje no mercado B2B na Índia, é a disponibilidade de informações verdadeiras para conceder crédito.

CreditMonk.com é um portal colaborativo, onde se avalia hábitos de pagamento de empresas. O seu principal objetivo é fazer com que o crédito seja atrativo, permitindo o proprietário da empresa analisar hábitos de pagamento e taxas de inadimplência de empresas que esta negociando. Isso faz com que as empresas sejam publicamente responsáveis e gera uma maneira infalível de avaliar  o histórico de pagamento delas.

As pequenas empresas formam 45% da economia de 2 trilhões de dólares da Índia. 98% dessas empresas concedem crédito e 97% destas empresas enfrentaram atrasos nos pagamentos.

E ainda 43% das vendas B2B no Brasil são a crédito. Destes 43% faturas domésticas e 44% das faturas para o exterior.

Já 2,5% das vendas a crédito no Brasil são consideradas como incobráveis ​​e 50% dos entrevistados em uma pesquisa recente mencionou a gestão de cobranças e faturas pendentes como a principal razão que reduz a rentabilidade do negócio.

Estes números são terríveis. Em vez de se concentrar em melhorar, inovar e gerir o negócio, produto ou serviço, os empresários passam a maioria do seu tempo acompanhando os pagamentos e temem não serem pagos!

Como empresário, eu pessoalmente tenho enfrentado grandes problemas devido a problemas de crédito e agora meu objetivo é ajudar a melhorar os problemas enfrentados por empresas e bancos igualmente.

Nós empresários passamos anos debruçados na criação de um grande negócio, oferecendo um bom produto e um bom serviço. Mas depois de tanto esforço enfrentamos muitos contratempos para conseguir receber os pagamentos. Não existe nenhuma garantia de pagamentos, nem uma maneira de obter informações sobre o hábito de pagamento de uma empresa antes de fazer negócios com eles e até que nos pague.

Por natureza, sou levado a ser orientada para a solução. A necessidade da hora é ter um fórum facilmente acessível, transparente que partilha informação imparciais sobre as empresas e os seus hábitos de pagamento. Nós, portanto, fundamos a Creditmonk, que é a solução para os problemas de crédito enfrentados por quase todas as empresas.

Como é que estas empresas decidem se querem dar crédito? Como eles sabem se eles vão receber o pagamento? Atualmente não há nenhuma forma organizada na índia,  de ter estas informações sobre pequenas empresas.

As agências de crédito cobrem menos de 1% das empresas de pequeno porte na Índia e em todo o mundo.

2) Em que fase o produto está?

CreditMonk foi recentemente lançado em maio de 2016.

Temos um banco de dados de 1,5 milhões de empresas registradas na Índia; as empresas que ainda não entraram podem ser facilmente adicionados. Temos hoje comentários adicionados diariamente para as empresas.

Os que estão sob o nosso radar, que não são grandes o suficiente para serem classificados pelas grandes agências de avaliação de crédito significam 99% das empresas do país.

Já temos feedbacks incríveis. Quando falamos com nossos contadores, eles disseram que tinham este problema, quando falamos com nossos advogados, eles também sofriam o mesmo problema, e assim com todos os empresários.

É uma experiência gratificante trabalhar em direção a um objetivo que você sabe que vai ajudar um monte de gente. Quem não gostaria de ser parte de uma startup que resolve um problema de 1 trilhão de dólares?

Temos a vantagem de ser o primeiro, não existe nada parecido na índia.

3) O que você precisa para crescer?

CreditMonk.com é atualmente um portal financiado pelos principais membros da empresa e um fundo de tecnologia. Dito isto, estamos sempre buscando parcerias e construir um conselho consultivo com pessoas que tenham experiencia no setor. Já passamos pela fase de investimento anjo mas ainda somos muito pequenos para fundos de Venture capital.

A maioria dos problemas relatados por empresas que afetam a sua rentabilidade tem a ver com  o fluxo de caixa e pagamentos em atraso. Em 5 anos, gostaríamos de fazer CreditMonk uma rede de informações global sobre crédito.

Queremos ver o CreditMonk cobrir todos os setores de atividade. A maioria dos viajantes da sua avaliação no Tripadvisor ou nas empresas de hotéis pela internet, e porque não dar também seus comentários no Credit monk?

4) Quais são os pontos positivos e negativos de ter uma startup na Índia?

Os pontos positivos:

  1. a) É emocionante fazer parte de uma jornada para resolver um problema real e que tem um grande potencial para escalar.
  2. b) Existem várias iniciativas para apoiar start-ups , bancos, governo e pelas empresas privadas.
  3. c) Fintech no mercado B2B é incipiente de modo que explorar o potencial da tecnologia traz uma grande experiência e aprendizagem.

Os negativos são o que vem com qualquer negócio, os altos e baixos, os dias bons e ruins.

5) Você tem algum plano sobre o Brasil?

Quanto mais partilhar a nossa história, mais ouvirmos que este é um problema global, melhor será. Estamos definitivamente olhando para o lançamento de uma versão local, em países como o Brasil, os EUA, Europa, etc Como mencionamos 2,5% das vendas a crédito no Brasil são marcadas como incobráveis ​​e 43 – 44% os pagamentos estão atrasados ​​por isso é definitivamente um ponto de dor para ser resolvido.

Este conteúdo faz parte do projeto StartSe no Mundo, uma viagem empreendedora por mais de 40 países. Conheça o site do projeto clicando aqui e inscreva-se para receber conteúdos exclusivos ao longo da jornada, que podem inspirá-lo e ajudá-lo a empreender.