StartSe na China: Musk versus Buffett na briga pelo carro elétrico

Avatar

Por Eduardo Glitz

26 de setembro de 2016 às 19:15 - Atualizado há 4 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

Ao andar pelas ruas de Pequim, capital da China, é impossível não se deparar com os mais diversos meios de transporte elétricos. São bicicletas, motos, triciclos, mini-carros e carros elétricos que começam a tomar conta da maior nação do mundo. Me surpreendi ao pedir um Uber e poder escolher se queria um carro elétrico e que ainda foi mais barato do que o carro a gasolina. Os incentivos do governo são enormes para o uso deste meio de transporte sustentável.

Neste cenário as indústrias automotivas correm atrás de inovação e posicionamento neste mercado, que não para de crescer. Hoje a China já é o país que mais vende carros elétricos no mundo, e o mais interessante é que as marcas mais vendidas por aqui são as chinesas. Empresas pouco conhecidas no Brasil são lideres por lá, como por exemplo a Kandi, a BAIC, a Zotye e a BYD.

O famoso investidor Warren Buffet detém 10%  da BYD (Build Your Dreams), empresa famosa na China pelos seus carros compactos, mas que nos últimos anos criou diversos super potentes carros híbridos. O destaque é o Tang, que já esta entre os mais vendidos na China, um super SUV, com mais de 500 cavalos, e que faz carros como Porsche Cayenne comerem poeira. Esqueça aquela ideia que temos no Brasil que carro chinês não tem qualidade, isso já é passado. As coisas evoluíram por aqui. O BYD Qin, o carro mais vendido da marca, é um sedã de luxo, híbrido e com 303 cavalos.

A BYD é um forte concorrente para as ambições de Elon Musk com a Tesla na China. Por isso que o mercado já fala no duelo entre o mago dos investimentos e o criador da Tesla. A china já é o segundo maior mercado da Tesla, um carro 100% elétrico enquanto o BYD Tang ainda é hibrido, utilizando a tecnologia da combustão e da eletricidade. A BYD se defende e deixa claro que seu produto é o único desenvolvido especificamente para o mercado chinês, enquanto a Tesla construiu para o mercado americano. Os próximos anos irão dizer quem ganhou esta batalha, mas sem dúvida nenhuma os grandes vencedores nesta corrida são os consumidores e o meio ambiente.

Mensagem para você: 

A revolução que está acontecendo na China é algo sem precedentes no mundo. Eu estive lá e vi inovações impressionantes, em especial no setor de financeiro. Sem duvida eles estão muito à frente do mundo quando falamos de sistemas de pagamentos e investimentos. No dia 3/10 farei um bate papo sobre China, e pretendo detalhar ainda mais esta inovações bem como ouvir as dúvidas de vocês. Então inscreva-se agora!