StartSe na China: em qual pais vende mais Mercedes, BMW e Porsche no mundo?

Avatar

Por Eduardo Glitz

19 de setembro de 2016 às 19:29 - Atualizado há 4 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

Eu estava passeando a noite pelas ruas de Pequim quando me deparei com uma loja gigante da Mercedes. Batizada de Mercedes Me, faz parte da estratégia da marca para dominar o mercado de carros de luxo na China. São quase 3 mil metros quadrados preparados para fisgar a enorme massa de afluentes chineses, que se tornaram ricos nos últimos anos. Desde interações digitais até os últimos lançamentos da marca, se misturam com os mais diversos souvenirs da estrela prateada, símbolo máximo de elegância em automóveis.

Mas não é por acaso esta estratégia da Mercedes-Benz na China, hoje o país é o mais importante para a marca no mundo, no ano passado foram 370 mil carros vendidos, ainda ficando atrás da Audi com 570 mil e da BMW com 473 mil. A briga pelo mercado chinês ficou acirrada entre as três principiais montadoras de carros de luxo do mundo, já que a china, para as três marcas, foi em 2015 o mercado onde mais venderam automóveis.

E para completar temos a Porsche, que também tem a China como seu principal mercado, mas em um nicho de mercado ainda mais endinheirado. Para quem não entendeu, a China é o pais do mundo que mais se vende Porsches, Mercedes, Audis e BMWs, um pote de ouro que não pode ser ignorado.

E para completar, o mercado chinês é por onde eles pretendem buscar a liderança mundial no segmento. Em 2015 a Audi vendeu 1,80 milhões de carros no restante do mundo, a BMW 1,90 milhões e a Mercedes 1,87 milhões, ou seja, quem vencer na China, irá vencer no mundo. E isto, não será só para o mercado de automóveis, mas sim para todos os bens de consumo. O mundo mudou!

Mensagem para você: 

A revolução que está acontecendo na China é algo sem precedentes no mundo. Eu estive lá e vi inovações impressionantes, em especial no setor de financeiro. Sem duvida eles estão muito à frente do mundo quando falamos de sistemas de pagamentos e investimentos. No dia 3/10 farei um bate papo sobre China, e pretendo detalhar ainda mais esta inovações bem como ouvir as dúvidas de vocês. Então inscreva-se agora!