Na Itália, rede de supermercados está adaptando loja para o futuro

Da Redação

Por Da Redação

13 de janeiro de 2017 às 17:11 - Atualizado há 4 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

A maior rede de supermercados da Itália, a Coop Itália firmou parceria com a americana Accenture para reinventar a experiência de seus clientes na hora das compras. A ideia da Coop e da Accenture é de adaptar as lojas para o futuro, com a fusão do físico e do digital.

A nova flagship store da Coop, localizada na área de Bicocca, da Universidade de Milão, tem como intuito de oferecer um ambiente de compras acolhedor, inovador e informativo. A ideia das empresas é recriar a atmosfera dos mercados locais ao ar livre, com soluções digitais que fornecem informações úteis do produto, melhorando a experiência da loja.

A Accenture, junto com a Avanade (uma joint-venture entre a própria Accenture e a Microsoft) ajudou a Coop no processo de redesenhar completamente a arquitetura de informações do supermercado. “Após o grande sucesso e o feedback positivo que recebemos quando apresentamos o conceito de Supermercado do Futuro na Expo Milano 2015, começamos a trabalhar imediatamente para tornar a nossa visão realidade “, destaca Marco Pedroni, Presidente da Coop Italia. “

Ele destaca que ficou bastante satisfeito com o resultado. “Usando seus conhecimentos digitais, a Accenture e a Avanade nos ajudaram a redesenhar a experiência de compras no supermercado por meio de uma jornada digital que atende à demanda dos clientes por informações, engajamento e funcionalidade, de uma maneira simples e intuitiva”, conta.

Para tal, a transformação foi possibilitada pela implementação de mesas de exibição de alimentos interativas e prateleiras inteligentes, que tornam as compras mais atrativas e pessoais, fornecendo aos clientes uma gama de informações de produtos.

São três grandes iniciativas:

Mesas interativas

Os produtos são exibidos no supermercado em grandes mesas interativas, onde um simples movimento da mão mostra informações sobre o produto num monitor, incluindo sua origem, fatos nutricionais, presença de alérgenos, instruções de eliminação de resíduos, produtos correlacionados e promoções. Essa experiência é possível graças aos sensores Microsoft Kinect, que usam a detecção de corpo para interpretar os gestos do cliente.

Estantes verticais

Na nova loja, o layout tradicional das prateleiras foi repensado e associado a um aplicativo de toque, que permite ao cliente navegar pelas categorias de produtos, filtrar e pesquisar produtos mais adequados, descobrir promoções e ver informações detalhadas. O resultado é um rótulo estendido, que dá ao cliente uma visão mais aprofundada do produto que se está comprando.

Visualização de dados em tempo real

Durante a jornada pela loja, o cliente pode ver uma grande tela de visualização de dados em tempo real que mostra o conteúdo, incluindo: valorização da marca Coop, ofertas diárias especiais, sugestões de culinária, conta do Facebook da Coop, produtos mais vendidos e promoções para cada categoria, promovendo um ponto de interação adicional com os compradores.

Esta, porém, não é a primeira companhia a repensar o varejo como conhecemos. A Amazon está fazendo um supermercado inovador em Seattle, onde os clientes não precisam pagar ao final da compra – apenas ir embora com as mercadorias, que serão debitadas automaticamente. Há muito espaço para que novas tecnologias mudem o dia-a-dia das pessoas e nós, aqui do StartSe, discutimos elas no Conexão Vale do Silício, nosso programa quinzenal de inovação.

E não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo!

[php snippet=5]