Jeff Bezos vende US$ 1 bilhão em ações da Amazon para financiar sua startup

Da Redação

Por Da Redação

6 de abril de 2017 às 11:57 - Atualizado há 3 anos

Logo ReStartSe

GRATUITO, 100% ONLINE E AO VIVO

Inscreva-se para o Maior Programa de Capacitação GRATUITO para empresários, gestores, empreendedores e profissionais que desejam reduzir os impactos da Crise em 2020

Os planos de Jeff Bezos são megalomaníacos, sim. Além de querer construir uma “loja de tudo” (que funcionou e tornou-se na maior varejista do mundo), ele também quer fazer parte da exploração do universo. E para financiar seu sonho, ele vende US$ 1 bilhão em ações da Amazon todo ano.

Isso é pouco perto dos US$ 73 bilhões que ele ainda tem em ações (o que é o suficiente para fazê-lo o segundo homem mais rico do mundo, atrás apenas de Bill Gates). A companhia pela qual ele planeja fazer isso, a Blue Origin, tem vários anos de vida, mas ainda é uma startup: não encontrou um modelo de negócios replicável e lucrativo.

A companhia pretende abaixar o preço de lançamento, e começar a fazer “entregas” espaciais (para a Estação Internacional, por exemplo). Além disso, a companhia de Bezos pretende também levar alguns turistas para o espaço nos próximos anos. Tudo isso com um objetivo: torna-la lucrativa e ajudar na exploração espacial.

Assim como Larry Page, Bezos sabe que uma invenção precisa se sustentar como um negócio para ser implementada com sucesso. Se você tem uma invenção e quer empreender com ela, recomendamos baixar o e-book Startup de A a Z, que ajuda empreendedores comuns a construírem negócios campeões, fugindo das principais armadilhas que podem vitimar seu empreendimento.

Faça parte do maior conector do ecossistema de startups brasileiro! Não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo!

[php snippet=5]