Google pode remover toneladas de aplicativos da Play Store

Avatar

Por Lucas Bicudo

9 de fevereiro de 2017 às 15:10 - Atualizado há 4 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

Play Store reduzida? O Google está enviando avisos para desenvolvedores de todo o mundo dizendo que, em breve, “limitará a visibilidade” ou até mesmo removerá totalmente aplicativos que violam a Política de Dados do Usuário da empresa – que pede por uma política de privacidade válida, principalmente quando o app manipula informações confidenciais.

“A Google Play exige que os desenvolvedores forneçam uma política de privacidade válida quando o aplicativo solicitar ou manipular informações confidenciais de usuários ou dispositivos”, diz o aviso. “Seu aplicativo solicita permissões para o uso de câmera, microfone, contas, contatos ou dados do usuário, mas não inclui uma política de privacidade válida”.

Mesmo que a iniciativa se livre de uma tonelada de aplicativos, ela pode transformar a Play Store em um ambiente mais enxuto e assertivo. Existem milhares e milhares de aplicativos chamados “zumbis”, que já existem há anos sem serem atualizados – e muitos deles são inúteis por conta de versões mais recentes do Android. Não só isso, uma loja excessivamente cheia torna mais difícil encontrar o que você está procurando.

O Google deu aos desenvolvedores o prazo de 15 de março para incluírem a política de privacidade. Depois disso, a história será outra.

(via Digital Trends)

Faça parte do maior conector do ecossistema de startups brasileiro! Não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo!

[php snippet=5]