França terá visto para empreendedor, investidor e funcionário de startups

Da Redação

Por Da Redação

17 de janeiro de 2017 às 16:39 - Atualizado há 4 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

Quer morar na França? Deu sorte. O governo francês está planejando um novo tipo de visto para impulsionar o ecossistema de startups por lá. Trata-se do French Tech Visa, um programa para atrair talento estrangeiro, com vistos de quatro anos para quem está ligado ao ecossistema de startups e o restante da família.

Esse visto é desenhado especialmente para atrair designers, engenheiros, VCs ou empreendedores que queiram levar suas empresas para lá – fortalecendo o ecossistema do país. Além disso, há visto para quem passar por aceleradoras francesas ou ganhar competições de startups no país.

O governo também está fazendo uma lista com as 100 principais startups francesas – e se você for contratado por uma delas, você automaticamente receberá um destes vistos. Embora a lista não esteja pronta ainda, isto deverá facilitar para que as empresas consigam atrair os melhores talentos, mesmo que eles não vivam na França.

Um detalhe interessante é que você não precisa trabalhar na empresa toda a duração do seu visto, podendo se realocar ou começar a empreender na França. Há um visto também chamado de “Passeport Talent”, para pessoas com excepcionais capacidades técnicas, artísticas ou científicas relevantes. Além disso, VCs que trabalhem para firmas francesas ou que queiram expandir para França também recebem o visto.

A ideia do governo é facilitar vistos, que hoje ainda são um processo longo e complicado, levando desenvolvimento econômico com eles. O programa deverá entrar em funcionamento muito em breve, antes da eleição deste ano e a posse do próximo presidente francês – que poderia acabar com o projeto.

Para aqueles que querem empreender em território francês, recomendamos nosso curso online chamado Startup de A à Z, que ajuda empreendedores a construírem negócios campeões. Ele te ajuda a colocar em funcionamento o seu negócio, te ajuda a evitar as principais dores que podem DESTRUIR startups em seus primeiros meses e anos de funcionamento. Bem completo.

(Via TechCrunch)

Não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo!

[php snippet=5]