Disney compra startup que imprime bonecos 3D e entende como ser relevante

Avatar

Por Lucas Bicudo

22 de fevereiro de 2017 às 17:11 - Atualizado há 4 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

A MakieLab, que usa impressora 3D para construir e vender bonecos customizados, oficialmente fechou as portas e vendeu parte de seus negócios para a Disney. O TechCrunch diz que a empresa de entretenimento norte-americana adquiriu os ativos tecnológicos e de plataforma da startup.

Em um post na sua página oficial do Facebook, a MakieLab confirmou que não é mais uma entidade independente, mas não disse nada sobre quem passará a comandá-la. A companhia foi para os Estados Unidos depois que foi aceita no programa de startups da Disney.

“A tecnologia da Makies foi adquirida por uma gigante da mídia, que nós esperamos que vá fazer algo incrível com ela em um futuro próximo. Nós tentamos continuar independentes, mas por diversas razões isso não aconteceu. Esperamos que nossa nova direção possa fazer o que não conseguimos por nós mesmos. ‘Thank you, new owner, you are our only hope’ (obrigado, você é a nossa única esperança, parafraseando Star Wars, que coincidentemente é propriedade da Disney)”.

Corporações precisam continuar inovando para continuarem relevantes e terem reais ganhos de produtividade. A aquisição sugere que a Disney tem esse propósito e entendeu a necessidde. Abordamos o tema no Corporate Class, um evento exclusivo para falar de inovação em grandes empresas. Conheça-o aqui.

E como se não fosse suficientemente óbvio que a Disney é a adquirente, de acordo com o perfil no LinkedIn da CEO da MakieLab Alice Taylor, ela é agora Diretora da StudioLab no Walt Disney Studios.

(via TechCrunch)

Faça parte do maior conector do ecossistema de startups brasileiro! Não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo!

[php snippet=5]